Petróleo opera em alta e caminha para a melhor semana dos últimos 11 meses

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

27/08/2021

Depois de encerrarem a semana passada com o pior desempenho desde outubro de 2020, os contratos futuros do petróleo operam em alta nesta sexta e caminham para a melhor semana desde setembro do ano passado. O movimento nesta manhã ocorre em meio à espera da fala de Jerome Powell, o presidente do Federal Reserve (Fed), no evento de Jackson Hole, e ao nervosismo sobre uma tempestade tropical que está se formando no Golfo do México e ameaça interromper a produção de petróleo da região.

Na manhã de sexta, os preços do contrato do petróleo Brent, a referência mundial, para outubro seguiam em alta de 1,60%, a US$ 72,21 por barril na ICE, em Londres, enquanto os contratos do WTI, a referência americana, para o mesmo mês avançavam 1,69%, a US$ 68,56 por barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York.

O presidente do banco central americano, Jerome Powell, deve falar no evento de Jackson Hole nesta sexta-feira, às 11h (horário de Brasília). Há expectativa sobre alguma sinalização de Powell sobre o início da redução da retirada de estímulos da economia americana, que hoje ocorre pelo programa de compras de ativos em US$ 120 bilhões por mês.

O dia também é de atenção a uma tempestade em desenvolvimento no Caribe que pode se mover para o Golfo do México e interromper o fornecimento de petróleo.

Ainda que o petróleo tenha encerrado em queda ontem, os preços do contrato futuros da commodity acumulam alta em torno de 9% e 10% na semana. Se assim fechar, o petróleo deverá ter o seu melhor desempenho semanal desde setembro de 2020.

A operação de alta nesta semana ocorreu em meio a um certo otimismo em relação à covid-19, com a China indicando ter zerado casos locais pela primeira vez desde julho. Com a doença mais controlada, se reduziu a preocupação com a demanda, em especial dos chineses, pelo petróleo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *