Mineiros viajam para a Argentina a fim de ampliar comércio de proteínas suínas e de aves

A missão de empresários fez seminários, rodas de conversas e negociações

31/05/2022

Mineiros viajam para a Argentina a fim de ampliar comércio de proteínas suínas e de aves Mineiros viajam à Argentina com o intuito de ampliar negócios de proteína suína e de aves. (Foto: Agência Brasil)

A Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (Asemg) e o governo mineiro anunciaram uma missão comercial à Argentina que teve o objetivo de melhorar as exportações de carne suína e de aves para aquele país. 

O subsecretário de Agricultura, João Ricardo Albanez, disse em nota ao site CarneTec que “os grandes fornecedores de carnes de aves e suínos para o mercado argentino estão no Sul do país, principalmente nos estados de Santa Catarina e Paraná. O mercado argentino ainda não é um consumidor expressivo nas exportações mineiras de carnes de aves.”.

Albanez lembrou que “em relação à carne suína, a Argentina ocupa o nono lugar das exportações do estado. Essa missão é uma oportunidade para o setor produtivo mineiro estreitar as relações comerciais e diversificar a pauta exportadora com a inclusão de produtos de maior valor agregado.”.

Na viagem ao país vizinho, foram atendidas 6 empresas, entre elas 3 produtoras de suínos: Adeel Alimentos, Nutrili Alimentos e Saudali Alimentos. Na missão, que realizou rodadas de negócios com importadores, estavam presentes distribuidores, importadores especializados e redes de supermercados, informa a Asemg.

Um seminário mostrou aos importadores argentinos as possibilidades das exportações de Minas Gerais. Também fizeram presença, entidades de classe que representam as empresas importadoras. 

Os mineiros fizeram uma visita técnica à rede Jumbo, um dos grandes grupos de varejo naquele país. O retorno a Minas teve expectativa positiva de gerar um bom volume de negócios no resto desse ano a partir das conversas com os argentinos.

O diretor comercial do Saudali Alimentos, Adriano Pacheco, divulgou uma nota pela Asemg afirmando que “essa missão nos proporcionou a possibilidade de contatos importantes, pois são contatos para a realização de trabalhos futuros. Saímos da missão com expectativas de concretizar negócios na Argentina em breve.”.

 

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.