EUA determinam sanções contra plataforma de criptomoedas SUEX OTC

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

21/09/2021

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira (21) sanções contra uma plataforma de negociação de criptomoedas suspeita de ser usadas por hackers em ataques cibernéticos de ransomware.

  • Leia mais: Efeito Evergrande leva bitcoin a registrar forte desvalorização

O alvo da medida é a SUEX OTC, que teve seus ativos sob jurisdição dos EUA bloqueados. Além disso, o Departamento do Tesouro proibiu qualquer cidadão ou empresa americana de negociar com a plataforma, com sede na República Tcheca.

  • Leia mais: China aperta cerco contra mineradores de criptomoedas escondidos

Esta foi a primeira vez que os EUA sancionaram uma plataforma de criptomoedas. As ações do Departamento do Tesouro visam impedir que os hackers utilizem as moedas digitais para pagamentos após realizarem ataques contra empresas e outras instituições.

  • Leia mais: Uso de bitcoin como moeda tem falhas em El Salvador

O secretário-adjunto do Tesouro, Wally Adeyemo, afirmou que o governo americano pretende ir atrás dos “facilitadores financeiros” dos hackers que promovem ataques de ransomware. Medidas similares contra outras plataformas podem ser anunciadas nas próximas semanas.

As ações são uma resposta da Casa Branca a uma série de ataques cibernéticos contra empresas americanas. Entre os alvos recentes estão a Colonial Pipeline, que opera o maior oleoduto do país, e a Microsoft.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *