Abates: demanda em alta e oferta limitada aquecem mercado do boi

A valorização se dá em todas as praças pesquisadas

06/01/2022

Abates: demanda em alta e oferta limitada aquecem mercado do boi Arroba do boi se valoriza com baixa oferta e grande demanda (Foto: Agência Brasil)

A baixa oferta e a grande procura por boiadas terminadas para o abate estão mantendo o mercado do boi gordo aquecido, segundo a Scot Consultoria. Nesta quarta-feira (5) a arroba do boi se valorizou mais R$ 2,00. Vacas e novilhas tiveram preços estáveis.

Desta forma, os preços praticados nesta quarta-feira no mercado paulista foram de R$ 335,00 para a arroba do boi, R$ 310,00 para a das vacas e R$ 325,00 para a arroba da novilha gorda.

A Scot revela, no entanto, que bois de até 4 dentes têm conseguido ágio que fica entre R$ 10,00 e R$ 15,00 em relação aos preços praticados no mercado interno.

No Triângulo Mineiro as escalas de abate estão mais curtas e a oferta de animais, diminui. Com isso, a valorização da arroba teve forte impacto. Para bois e novilhas, a arroba aumentou R$ 5,00 e para vacas, R$ 2,00, na comparação diária. .

Desta forma, os preços na praça mineira ficaram em R$ 335,00 a arroba do boi, R$ 310,00 das vacas e R$ 320,00 a arroba das novilhas, com preços brutos e a prazo.

No Mato Grosso o cenário não foi diferente. A alta para todas as categorias foi de R$ 5,00. Os preços referência ficaram assim: boi, R$ 310,00. Vacas, R$ 300,00 e novilha, R$ 310,00.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.