Bolsas de NY recuam com divulgação de dados de emprego e à espera de decisão do BCE

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

08/09/2021

Os índices acionários fecharam em queda em Nova York nesta quarta-feira (8) após a divulgação de novos dados de emprego dos Estados Unidos e ante à espera de investidores pela decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE). Há grande expectativa por sinalizações acerca da redução do programa de compras de ativos pela instituição do bloco europeu.

O Dow Jones encerrou com recuo de 0,20%, a 35.031,07 pontos, enquanto o S&P 500 registrou perda de 0,13%, a 4.514,07 pontos, e o Nasdaq cedeu 0,57%, a 15.286,64 pontos. Pela manhã, o Dow Jones tentou recuperar as perdas da última sessão, mas, após a divulgação dos dados do relatório “Job Openings and Labor Turnover Survey” (JOLTS), do Departamento de Trabalho dos EUA, o índice caiu e não voltou a operar no verde.

Os dados divulgados hoje mostraram que o número de vagas de trabalho em aberto na economia dos EUA subiu para uma nova máxima da série histórica, a 10,934 milhões no fim de julho. As contratações se mantiveram no mesmo patamar do mês anterior, de 6,7 milhões, enquanto os desligamentos apresentaram leve alta, de 5,6 milhões em junho para 5,7 milhões em julho. A taxa de demissões também teve um ligeiro aumento de 0,9% para 1%.

“Embora o número de empregos de agosto da última sexta-feira [3] tenha sido decepcionante, as estatísticas de abertura de empregos e rotatividade de mão de obra (JOLTS) de hoje apoiam o argumento de que a fraqueza se deve principalmente à falta de vontade ou capacidade de os trabalhadores aceitarem os empregos disponíveis e tem pouco a ver com qualquer falta de demanda”, disse James Knightley, economista-chefe internacional de in ING em nota.

“Isso significa que a competição por pessoal provavelmente manterá salários e benefícios sob pressão de alta, o que, por sua vez, deve significar que riscos de inflação mais amplos permanecem um tanto elevados.”

Os índices setoriais do S&P 500 fecharam mistos, com quatro dos 11 setores do índice amplo de Wall Street em alta. O destaque ficou para o segmento de serviços públicos que avançou 1,79%. As ações de energia lideraram as perdas desta quarta, recuando 1,29%, ainda que o petróleo tenha fechado a sessão do dia em alta de mais de 1%.

Os investidores seguem em compasso de espera antes da decisão de amanhã do BCE, em meio à expectativa crescente de que a autoridade monetária do bloco discuta mais uma vez a retirada de estímulos monetários na reunião de amanhã, com os sinais de que a inflação disparou na zona do euro.

“É correto o BCE começar a falar sobre a retirada de estímulos. É apropriado que ele comece a tirar parte do suporte, mas vai apenas fazer um ajuste fino e trazer [os estímulos] mais para baixo”, disse Antonio Cavarero, chefe de investimentos da Generali Investments.

Destaques

O dia de anúncio de aquisições não foi bom para todo mundo. No destaque positivo estão os papéis da Perrigo Company, que avançaram 8,99% nesta quarta. A companhia farmacêutica divulgou pela manhã que assinou uma oferta de aquisição da HRA Pharma, dos fundos Astorg and Goldman Sachs Asset Management.

Na outra ponta, a empresa americana de pagamentos PayPal caiu 2,74%, depois de anunciar que vai adquirir a japonesa Paidy por US$ 2,7 bilhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *