Associação faz balanço e prevê alta nas exportações de carne suína e de frango

A associação que congrega os produtores de carne bovina, suína, ovos e frangos fez a previsão nesta quarta-feira (29)

30/09/2021

Associação faz balanço e prevê alta nas exportações de carne suína e de frango Frango mantém demanda em alta mas preço para produtor começa a recuar. (Foto: IBGE)

Mesmo diante de um cenário tão adverso, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) projeta aumento nas exportações de carnes de frango e suína em 2021, segundo publicação em sua página na internet.

Em nota no site da ABPA, o presidente Ricardo Santin, diz que “os programas de apoio à renda em função da pandemia, somados a uma melhora do quadro econômico e da vacinação no país, têm delineado um cenário de sustentação da demanda por produtos de aves, suínos e ovos no mercado brasileiro. Neste contexto, o suprimento segue ajustado à demanda”.

Além do mercado interno, ele cita o aumento das exportações. O diretor de Mercados da entidade, Luís Rua, diz que “as exportações também devem continuar aquecidas com a forte demanda asiática e aumento da procura por clientes tradicionais como o Oriente Médio e a União Europeia”.

Segundo o site especializado em proteína animal, CarneTec, “a produção de carne de frango brasileira em 2021 deve ficar entre 14,1 milhões e 14,3 milhões de toneladas, alta em relação às 13,845 milhões de toneladas produzidas em 2020 e um novo recorde para o setor.

Cada brasileiro deve comer, em média, 46 quilos de carne de frango neste ano, um aumento de 1.5% em relação a 2020.

Por outro lado, as exportações vão ficar entre 4,5 milhões e 4,55 milhões de toneladas. São entre 200 a 300 mil toneladas a mais do que no ano passado, quando exportamos 4,231 milhões.de toneladas.

O Brasil também vai produzir 4,7 milhões de toneladas de carne suína, 6% mais do que em 2020, um recorde, e cada brasileiro deve comer, em média, 16,9 quilos no ano. Mais 5% do que no mesmo período do ano passado.

Da Redação, com CarneTec e ABPA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *