Ouro fecha em alta enquanto investidor apresenta receio de insolvência da Evergrande

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

20/09/2021

O ouro encerrou a sessão desta segunda-feira (20) em alta, no começo de uma semana em que o investidor foge de riscos à véspera de decisões do Federal Reserve e ante ao receio de insolvência da gigante chinesa do setor imobiliário Evergrande.

Os preços dos contratos do ouro para dezembro encerraram em alta de 0,71%, a US$ 1.763,80 a onça-troy na Comex da Bolsa de Nova York. O índice dólar DXY, que normalmente tem correlação negativa com o metal, operava há pouco em alta de 0,06%, a 93,250 pontos.

O ouro começou a semana ganhando força, em meio a aversão a risco dos investidores, dias antes do encontro do comitê do Fed (Fomc) que deve ocorrer amanhã (21) e quarta-feira (22).

Também entra na conta desta semana a preocupação com a insolvência da gigante chinesa Evergrande. A ação do grupo fechou hoje em queda de 10,24% em Hong Kong, em meio aos temores em torno da crise de capital da gigante do setor imobiliário chinês, que anunciou na semana passada que contratou consultores financeiros, sinalizando que deve tentar uma reestruturação da dívida. A ação acumula perdas impressionantes de 47,7% em setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *