Mercado do boi praticamente parou no final da semana passada

Além dos casos atípicos da doença da vaca louca e suspensão das exportações para a China, a greve dos caminhoneiros também prejudicou os negócios

13/09/2021

Mercado do boi praticamente parou no final da semana passada Mercado do boi gordo está praticamente paralisado (Foto: Divulgação

O final da semana foi atípico e fez o mercado do boi gordo praticamente parar. Quase não se comercializou o gado, as exportações para a China foram totalmente suspensas e, para coroar, houve a greve dos caminhoneiros. A Scot Consultoria afirma que, embora tenha perdido força, esse cenário levou a um desempenho muito fraco de compra e venda.

A pesquisa diária da Consultoria indica que as cotações ficaram estáveis na comparação que ela faz diariamente. Algumas plantas abriram negociações de compra, mas sem a efetivação de negócios.

No estado de Tocantins, alguns frigoríficos voltam às compras. Mas o volume de negócios foi pequeno e os preços abaixo dos de referência. Os preços, do boi, da vaca e da novilha, caíram R$ 3,00. A arroba do boi nessa praça foi de R$ 294,00, da vaca gorda, R$ 284,00 e R$ 284,00 da novilha. Preços brutos e a prazo.

No Oeste de Santa Catarina, a Scot também registrou queda de R$ 3,00 a arroba na comparação dia a dia. Nesse estado, a arroba do boi gordo foi de R$ 327,00, da vaca gorda, R$ 302,00 e a o da novilha gorda, R$315,00.

Da Redação.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *