Mercado do boi gordo fecha com preços estáveis e cria expectativas para o dia das mães

Dia das mães deve melhorar as vendas no varejo e aumentar o preço no atacado.

03/05/2022

Mercado do boi gordo fecha com preços estáveis e cria expectativas para o dia das mães Com estabilidade nos preços, mercado do boi gera expectativa para o dia das mães (Foto: Agência Brasil)

Na praça paulista do boi gordo, no período da manhã desta segunda-feira (2), os compradores não realizaram negócios, mantendo os preços estáveis, em comparação com a sexta-feira (29 de abril) anterior, último dia de negociações na semana passada.

Em São Paulo, os preços de referência, portanto, se mantiveram. A arroba do boi foi comercializada a R$315/@, vacas gordas em R$279 a arroba e as novilhas, em R$312 a arroba. Preços brutos e a prazo.

Os animais terminados destinados à exportação pagaram um ágio de R$ 10. 

No Oeste da Bahia os preços continuaram caindo. Na semana passada a arroba das fêmeas, vacas e novilhas, caíram R$ 5 e R$ 4. Apenas ontem as vacas perderam outros R$ 2 e as novilhas, R$ 1 em relação à semana passada. 

Com esse cenário, as cotações fecharam o dia em R$290 a arroba do boi, R$275 para a arroba das vacas e R$ 284 a das novilhas. Preços brutos e a prazo.

 

No atacado 

O Dia das Mães faz os ânimos do mercado do boi melhorarem um pouco. Com a aproximação da data, o consumo deve melhorar. O preço das carcaças ficou firme e existe uma pequena possibilidade de alta. 

A Scot Consultoria relata que a carcaça dos bois castrados é cotada em R$ 20,23 o quilo, e a de bovinos inteiros em R$ 18,54 o quilo. Aumento de 1,1% para os castrados e uma variação de 0,1% para os animais inteiros. 

 

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.