Governo russo bloqueia site e aperta cerco contra oposição

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

06/09/2021

As autoridades russas bloquearam nesta segunda-feira o acesso a um site próximo ao líder da oposição Alexei Navalny que aconselha os eleitores sobre como minar politicamente o partido dominante no Parlamento nas eleições deste mês, informou a Associated Press.

A ação do organismo de comunicações do Estado, o Roskomnadzor, vem na sequência de meses de esforços para neutralizar Navalny e seus apoiadores.

Em junho, um tribunal russo classificou a Fundação Navalny de Combate à Corrupção e uma rede de seus escritórios regionais como organizações extremistas. A decisão proibiu pessoas associadas a esses grupos de se candidatarem a cargos públicos e, em alguns casos, condenou-as a longas penas de prisão.

O Roskomnadzor informou ter bloqueado o site do Smart Voting porque ele “está sendo usado para manter as atividades e realizar eventos de uma organização extremista”.

O site, desenvolvido pela equipe de Navalny em 2018, tem como objetivo identificar os candidatos que estão em posição mais forte para derrotar, na eleição do próximo dia 19, os adversários do Rússia Unida, partido que domina o Parlamento e é a base de poder do presidente Vladimir Putin.

O Smart Voting também está disponível em aplicativos, mas Roskomnadzor alertou o Google e a Apple na semana passada que eles poderiam enfrentar multas se não removessem os programas.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *