Expansão da atividade na zona do euro desacelera em setembro, diz IHS Markit

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

23/09/2021

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro caiu a 56,1 pontos na leitura preliminar de setembro, de 59,0 em agosto, indicando uma desaceleração do ritmo de crescimento da atividade no último mês. A leitura acima da marca de 50 pontos segue indicando, porém, uma expansão da atividade, ainda que a um ritmo mais lento.

O dado, divulgado mais cedo pela IHS Markit, indica uma queda acima da expectativa dos economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”, de leitura a 58,5 pontos. O indicador industrial caiu a 58,7 pontos, de 61,4 pontos, enquanto o de serviços recuou a 56,3 pontos, de 59,0 pontos, com ambas as leituras ficando abaixo das expectativas, de 60,5 e 58,5 pontos, respectivamente.

O PMI composto da Alemanha também indicou forte desaceleração em setembro, recuando a 55,3 pontos, de 60,0 em agosto e anotando a sua pior leitura desde fevereiro. O PMI industrial do país recuou a 58,5 pontos, contra expectativa de 61,5 pontos, e o de serviços caiu a 56,0 pontos, também abaixo da expectativa, de 60,3 pontos.

Na França, o PMI composto recuou a 55,1 pontos, enquanto o industrial caiu a 55,2 pontos, e o de serviços caiu a 56,0 pontos. O indicador de serviços ficou apenas 0,1 ponto abaixo da expectativa, de 56,1 pontos, mas o industrial ficou significativamente aquém da leitura esperada, de 57,0 pontos.

Fora da zona do euro, o PMI composto do Reino Unido caiu a 54,1 pontos, contra expectativa de 54,5 pontos, enquanto o industrial recuou a 56,3 pontos, abaixo da expectativa de 59,0 pontos, e o de serviços caiu a 54,6 pontos, também abaixo da leitura esperada, de 55,0 pontos.

Veja aqui os relatórios PMI da IHS Markit.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *