Bolsas da Europa fecham em alta, com avanço de bancos, tecnologia e energia

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

05/10/2021

As bolsas europeias fecharam em alta nesta terça-feira (5), recebendo suporte de um salto das ações dos bancos no continente, que mais do que reverteram as perdas da sessão anterior. As ações dos setores de tecnologia e energia também anotaram fortes ganhos hoje.

O índice pan-europeu Stoxx Europe 600 fechou em alta de 1,17%, a 456,03 pontos. O FTSE 100, índice de referência da bolsa de Londres, subiu 0,94%, a 7.077,10 pontos, o DAX, de Frankfurt, avançou 1,05%, a 15.194,49 pontos, e o CAC 40, de Paris, ganhou 1,52%, a 6.576,28 pontos. Em Milão, o FTSE MIB subiu 1,95%, a 25.956,02 pontos, e o Ibex 35, de Madri, avançou 1,54%, a 8.927,40 pontos.

O setor bancário, de maior peso no Stoxx 600, fechou em alta de 3,48%, liderando os ganhos no índice pan-europeu e alcançando uma nova máxima desde fevereiro do ano passado. As ações dos bancos têm anotado ganhos significativos nas últimas semanas, recebendo suporte da alta dos rendimentos dos títulos soberanos e da expectativa de aperto monetário.

Parte dos investidores avalia também que a onda de vendas do setor de tecnologia foi longe demais, o que impulsiona o subíndice das big techs na Europa pela primeira vez em oito dias. As ações do setor de tecnologia encerraram a sessão em alta de 2,24% no Stoxx 600.

As ações de petróleo e gás, por sua vez, também anotaram fortes ganhos hoje, fechando em alta de 1,65% no índice pan-europeu, ao receberem suporte dos ganhos do petróleo. No início da tarde desta terça, o contrato futuro do petróleo Brent, a referência global da commodity, operava em alta de 1,64%, a US$ 82,59 por barril, acumulando ganhos de 5,5% neste começo de mês.

“O setor de energia, como seria de se esperar, permanece como um dos de melhor performance, hoje, com companhias como Total, BP e Shell ainda recebendo suporte dos investidores que apostam em mais altas, conforme a maioria dos operadores de mercado continuam a processar o salto mais recente dos preços de gás natural e petróleo”, disse Pierre Veyret, analista da ActivTrades, à Dow Jones Newswires.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *