ABPA comemora a suspensão do PIS Cofins para o milho

As frequentes altas do cereal poderiam colocar em risco a competitividade das carnes de franco e suína brasileiras

27/09/2021

ABPA comemora a suspensão do PIS Cofins para o milho Embrapa apresenta variedade de milho resistente às mudanças climáticas (Foto: Divulgação)

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) emitiu comunicado em seu site comemorando a suspensão do PIS Cofins para a importação do milho. A decisão do governo foi determinada por Medida Provisório publicada no final da semana passada. A suspensão vale até o dia 31 de dezembro de 2021.

A Medida, definida após a pressão da ABPA, deputados e senadores ligados ao agronegócio, vai mitigar os problemas das ceias produtivas das carnes de frango e suína. A ABPA informa que a postura da Ministra Tereza Cristina foi fundamental na decisão do governo.

A medida vai tentar evitar o aumento dos custos na produção de frango e suínos. Os produtores nacionais que não exportam foram os mais afetados com as frequentas altas do cereal. Eles não têm acesso ao sistema Drawback e pagam produto.

A suspensão dos dois impostos vai conter a sequência de altas históricas do cereal, que prova o aumento do custo de produção. Segundo o comunicado, os preços do milho podem colocar em risco a consolidação do mercado interno e a perda da competitividade internacional.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *