Receita da Minerva Foods tem 24% de aumento e lucro no 3º. trimestre

Volume de abate no trimestre também cresceu 16,7%, com 950 mil animais.

05/11/2021

Receita da Minerva Foods tem 24% de aumento e lucro no 3º. trimestre Em um ano, Minerva Foods tem crescimento de 24% em receita. (Foto: Divulgação)

Mesmo com a suspensão do mercado chinês, desde setembro, a receita líquida da Minerva Food bateu recorde no terceiro trimestre e alcançou R$ 7,37 bilhões. O valor representa aumento de 43,4% quando comparado a 2020. A empresa é líder de carne in natura e derivados na América Latina. No período, o lucro líquido da companhia foi de R$ 72,4 milhões, 24% maior que o registrado em um ano, de acordo com informações da companhia.

A empresa sentiu o baque do embarque daquele país num primeiro momento – já que o gigante asiático costuma responder por 60% das exportações dos frigoríficos brasileiros. Isso se refletiu nos meses de julho e agosto, quando os negócios no Brasil operavam com margens entre um dígito alto e dois dígitos, o que caiu para menos de 4% com a repentina saída chinesa.

Porém, a partir de outubro, a companhia já conseguiu recuperar os níveis de margens no Brasil, o que foi favorecido pela queda dos preços do gado e também pelo nível sustentado da carne bovina (Pequim não vai transformar o churrasco de fim de ano numa barganha).

Segundo o presidente do Minerva, Fernando Galletti de Queiroz, as exportações representaram cerca de 69% para o resultado da receita da empresa no período. “O mercado internacional de proteína bovina segue bastante sólido, como mostra a nossa performance no terceiro trimestre de 2021, a qual cerca de 69% da receita consolidada teve origem nas exportações, ratificando assim a liderança da Minerva Foods na exportação de carne bovina na América do Sul, com um market share de aproximadamente 20% no continente”, disse o Queiroz, em comunicado de resultados da companhia.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) somou R$ 648,1 milhões, alta de 16,9%.

Com relação ao abate de bovinos, o aumento no trimestre foi de 16,7% em relação ao mesmo período do ano passado, com 950,3 mil cabeças. O resultado foi impulsionado pelo aumento de 44,1% nos abates da Divisão Athena Foods (592,1 mil cab.) que mais que compensou uma queda de 11,2% na Divisão Brasil (358,2 mil).

Na Divisão Brasil, a Minerva registrou queda nos volumes de vendas para o mercado interno e externo, mas a alta nos preços médios de venda colaborou para elevar a receita bruta em 14,2% na comparação anual para R$ 3 bilhões.

Na Athena Foods, que compreende as operações das unidades no Paraguai, Argentina, Uruguai, e Colômbia, as altas nos volumes e preços de vendas elevaram a receita bruta para o recorde de R$ 4,4 bilhões, 82% superior à registrada um ano antes.

Da Redação, com informações do CarneTec Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *