Votorantim Cimentos aguarda ‘boa oportunidade global’ para fazer IPO, diz CEO

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

10/08/2021

A Votorantim Cimentos ainda aguarda “boa oportunidade global” para realizar sua oferta inicial de ações (IPO) simultaneamente no Brasil e em Nova York, segundo o CEO global da empresa, Marcelo Castelli. “Não vimos a melhor janela de oportunidade neste ano ainda”, diz o executivo. Isso poderá ocorrer em 2022, segundo ele.

No entendimento de Castelli, as aquisições realizadas pela Votorantim Cimentos vão “melhorar muito a tese da empresa”. No começo do mês, a companhia assumiu o controle total da joint venture com a Superior Materials em Detroit, em Michigan. Em julho, a Prairie Materials, divisão de concreto e agregados da empresa nos Estados Unidos, fechou acordo de compra da Valley View Industries, com sede em Illinois.

Por meio da subsidiária espanhola Corporación Noroeste, a Votorantim Cimentos assinou acordo, em junho, para a aquisição integral da Cementos Balboa, na Espanha. Em abril, a companhia e a Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ), concluíram a combinação de suas operações de cimento na América do Norte. “Acreditamos muito na nossa capacidade associativa”, diz o diretor financeiro global da Votorantim Cimentos, Osvaldo Ayres Filho.

No fim de junho, a alavancagem da Votorantim Cimentos medida por dívida líquida sobre Ebitda ajustado era de 1,58 vez. A empresa tem 3 vezes o indicador como máximo de alavancagem permitida. “O ideal é que fique até 2,5 vezes”, diz Castelli. Na prática, ainda há espaço para a Votorantim Cimentos se alavancar caso surjam novas oportunidades de aquisição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *