Trigo/RS: Emater estima safra 2022 em 3,99 milhões de t, a maior da história

08/06/2022

São Paulo, 8 – O Rio Grande do Sul deve colher o recorde de 3,99 milhões de toneladas de trigo na safra 2022, que está sendo plantada, estima a Emater-RS/Ascar. Se confirmado, o volume será 12,53% superior ao colhido pelo Estado na temporada passada, de 3,50 milhões de toneladas, e a maior da história. De acordo com a Emater, a segunda maior safra do trigo foi a anterior, em 2021, com produção de 3,55 milhões toneladas, e a terceira maior em 2013, com 3,30 milhões de toneladas. “Os números demonstram plena recuperação da agricultura gaúcha e brasileira”, disse o diretor técnico da entidade, Alencar Rugeri.

O aumento da produção gaúcha de trigo tende a acompanhar a ampliação das lavouras cultivadas com o cereal no Estado, para maior área plantada em 42 anos, projetada em 1,41 milhão de hectares. Na comparação entre as safras, estima-se acréscimo de 15,04% na área semeada com trigo no Rio Grande do Sul, ante 1,23 milhão de hectares plantados no ciclo 2021. Já a produtividade média do cereal deve recuar 2,17%, de 2,89 toneladas por hectare para 2,82 toneladas por hectare.

Puxada pelo trigo, a safra total de inverno do Estado também deverá ser recorde, estimada em 5,060 milhões de toneladas de grãos, 11,9% mais em relação ao ano anterior. Do total, além dos 3,99 milhões de toneladas de trigo, o Estado deve produzir 870,2 mil toneladas de aveia branca (aumento anual de 7,49% em 392,51 mil hectares), 108,6 mil toneladas de cevada (queda anual de 2,07% em área de 36,73 mil hectares) e 91,3 mil toneladas de canola (alta anual de 66,79% em 48,46 mil hectares). A área plantada com cultivos de inverno no Estado deve crescer 14,6%, para 1,647 milhão de hectares na safra 2022.

O levantamento foi realizado pela Emater de 11 a 23 de maio deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

code