Tereza Cristina defende crescimento sustentável, social e ambiental na Agricultura em reunião do G20

Reunião preparatória com ministros da agricultura foi em Florença, Itália

20/09/2021

Tereza Cristina defende crescimento sustentável, social e ambiental na Agricultura em reunião do G20 Mapa desenvolve plataforma que disponibiliza os serviços do Incra e facilita a vida no campo (Foto: Divulgação)

O Ministério da Agricultura e Abastecimento (MAPA) divulgou nota informando que a ministra Tereza Cristina, do Brasil, defendeu na reunião dos Ministros da Agricultura do G20 (grupo de países desenvolvidos ou em desenvolvimento) que todos cumpram os Objetivos Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris e façam a transição para uma produção sustentável de produção de alimentos. As tecnologias devem ser repassadas aos países que não detém esse conhecimento. A reunião é um Florença, na Itália.

A ministra destacou que os países se voltam para a trajetória do desenvolvimento sustentável e que ele é um caminho sem volta. O grupo prepara suas propostas para contribuir na Cúpula dos Sistemas de Alimentos (Food Systems Summit) e para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (CPO 26)

Tereza Cristina diz na nota que está convencida “da capacidade de nossos países de liderar a transformação para um mundo de crescimento econômico, inclusão social e gestão ambiental. Para isso, precisamos que os países desenvolvidos reconheçam e assumam suas responsabilidades históricas. Precisamos implementar os mecanismos necessários para remunerar as nações em desenvolvimento por seus serviços ambientais. O Brasil está pronto para fazer a sua parte, de acordo com sua história e realidade. Esperamos o mesmo compromisso de outras nações”.

A ministra informou aos seus pares que o Brasil está engajado na preparação dos dois eventos e que vai contribuir para a sustentabilidade na agricultura. Ele disse que “em ambas as ocasiões, nossas discussões devem ocorrer no contexto da contribuição vital da agricultura para a segurança alimentar global e sua vulnerabilidade aos impactos do aquecimento global e das mudanças climáticas”, relata o site CarneTec.

Para Tereza Cristina a ciência, a inovação e a tecnologia vão fazer as grandes transformações. Ele informou que a tecnologia está no centro da revolução verde no Brasil. Em menos de 50 aos o país deixou de ser um importador de alimentos para ser o maior produtor mundial. “É por meio da inovação que continuaremos a promover o crescimento sustentável da produtividade na agricultura, com esforços de mitigação e adaptação”.

O grupo de ministros da Agricultura também divulgou um comunicado onde reafirmam o compromisso com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Paris. Diz um trecho reproduzido pelo CarneTec: “Tomaremos ações urgentes para lidar com as causas e impactos das mudanças climáticas e conservar, proteger e restaurar a biodiversidade e os ecossistemas”.

Para Tereza Cristina o encontro foi importante. “Foi uma reunião muito boa para ouvir as diversas opiniões dos países do G20 sobre meio ambiente, agricultura sustentável. Foi muito bom colocar a posição do Brasil que nossa agricultura é sustentável”. A reunião da Cúpula dos Sistemas Alimentares acontece quinta-feira (23) em Nova York e de a COP 26, novembro, em Glasgow, Escócia.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *