TAG espera fechar novos contratos de transporte de gás para 2022

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

05/10/2021

A Transportadora Associada de Gás (TAG), controlada pela Aliança (Engie/CDPQ), espera fechar contratos extraordinários de transporte de curto prazo com os novos agentes do mercado brasileiro de gás, na janela de janeiro de 2022, disse o diretor comercial e regulatório da empresa, Ovidio Quintana.

A partir da virada do ano, vencem alguns dos contratos da Petrobras com as distribuidoras de gás canalizado do Nordeste. A estatal já manifestou a intenção de não renovar esses contratos, abrindo espaço para novos entrantes.

Produtores como a Shell e PetroReconcavo já anunciaram acordos para fornecer gás a concessionárias da região, mas os contratos têm, como condição precedente, a viabilização do acesso à malha de gasodutos.

  • Leia mais: Petrobras viola acordo com Cade por abertura do gás, diz indústria

Segundo Quintana, a TAG trabalha para oferecer ao mercado contratos extraordinários a tempo de viabilizar os novos contratos, no âmbito da abertura do mercado brasileiro, enquanto não abre uma chamada pública para contratação da capacidade disponível de sua malha.

A expectativa é que a minuta final de contrato extraordinário seja aprovado esta semana e que a tarifa seja definida pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) nas próximas semanas.

A previsão da TAG é realizar, no ano que vem, uma chamada pública coordenada com as demais transportadoras, para oferta da capacidade disponível de sua rede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *