STF reforça segurança para o 7 de Setembro

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

31/08/2021

Um dos principais alvos dos ataques do presidente Jair Bolsonaro, o Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou um reforço no esquema de segurança da Corte para as manifestações convocadas para o 7 de Setembro.

De acordo com a assessoria do STF, a Corte está em contato com outras instituições, como Câmara e Senado, e contará com o apoio das forças de Segurança Pública do governo do Distrito Federal para realizar a segurança do prédio na próxima semana.

O Supremo também estabeleceu a segunda-feira, véspera das manifestações, como ponto facultativo, “para facilitar os preparativos de segurança”.

No dia das manifestações convocadas por Bolsonaro, também não será permitida a presença de imprensa ou de quaisquer outros visitantes no prédio.

O STF também disse que, como acontece em outros protestos, a Secretaria de Segurança tem adotado “medidas preventivas para a mitigação de riscos”.

Os atos ocorrerão em meio à uma crescente tensão entre os Poderes, após Bolsonaro intensificar ataques ao sistema eleitoral do país e entrar com um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *