Sementes de qualidade resultam em mais produtividade na pecuária

O agrônomo João Almeida explica como o pecuarista deve utilizar sementes de qualidade para conseguir melhores resultados

05/01/2022

Sementes de qualidade resultam em mais produtividade na pecuária Boas pastagens são resultado de boas sementes, diz o agrônomo João Menezes (Foto: Agência Brasil)

Independentemente de o plantio ser consorciado com a agricultura (iLPF) ou áreas solteiras (pastagens exclusivas), temos que usar sementes de qualidade, explica o agrônomo na Coluna Mais Arrobas, desta quarta-feira (5).

Com a melhoria da qualidade das máquinas, com maior precisão na semeadura, cada vez mais o uso de sementes mais puras ou revestidas tem sido o recomendado. As sementes com valor cultural acima de 80% ou mesmo 50% têm menos impurezas, evitam a presença de sementes de invasoras e facilitam a uniformidade no plantio. Já as sementes revestidas (blindadas ou encrustadas) têm alta pureza, são uniformes e resistentes, tratadas com inseticida e fungicida, regulam a absorção de água, menor custo por hectare formado e são ideais para iLPF.

Saiba mais, em Mais Arrobas. Uma boa leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.