Rumo estima investimento de R$ 9 mi a R$ 11 mi para projeto ferroviário no Mato Grosso

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

06/10/2021

A Rumo informou, em Fato Relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), as projeções para 2022 a 2030 do projeto de construção, operação, exploração e conservação, por meio de autorização, sob o regime de direito privado, por sua conta e risco, de ferrovia que conecta, de modo independente, o terminal rodoferroviário de Rondonópolis (MT) a Cuiabá (MT) e a Lucas do Rio Verde (MT), objeto do Contrato de Adesão celebrado no último dia 20 de setembro.

Leia mais: Rumo se prepara para ciclo de crescimento com expansão da rede ferroviária, diz Credit

De acordo com o documento, as projeções para o Capex variam de R$ 9 milhões a R$ 11 milhões; o volume total aproximado de grãos migrado de Rondonópolis para outros terminais até 2030 será de 16,0 milhões de toneladas e o volume potencial aproximado de toneladas adicionais de grãos até 2030 é de 18,0 milhões de toneladas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *