Riachuelo está de olho em startups, diz presidente

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

12/08/2021

O presidente da Riachuelo, Oswaldo Nunes, afirmou nesta quinta-feira, durante a teleconferência de resultados do segundo trimestre, que a companhia segue atenta às oportunidades para fusões e aquisições, especialmente as empresas do setor de tecnologia e financeiras.

“Estamos atentos aos movimentos, ao cenário. A companhia tem consciência de seguir crescendo organicamente, mas também estamos mapeando as oportunidades [de fusões e aquisições] com foco nas startups para a construção digital e agregar ao nosso ecossistema”, afirmou.

O evento, que comentou os resultados do segundo trimestre, também falou sobre as perspectivas futuras. O diretor de Inovação e Tecnologia, Carlos Alves, disse que a companhia está confiante no crescimento de dois dígitos das vendas dos canais digitais.

A respeito da transformação digital e da adesão ao omnichannel, Alves afirmou que 100% das lojas físicas estão integradas aos modelos digitais que integram o ecossistema, com equipes exclusivamente voltadas para o atendimento on-line.

“Temos um time de funcionários dedicados a cada canal, como Whatsapp, por exemplo, que descobrimos que precisa de um time dedicado, pois a compra pelo aplicativo é uma compra mais consultiva, com tíquete médio maior do que a compra pelo site, por exemplo”, disse.

“Também estamos fazendo entregas em menos de duas horas pelas compras, com média de 51 minutos”, destacou.

No lado de governança, o diretor Tulio Queiroz afirmou que a companhia está na fase final dos tramites internos que possibilitem a migração para o segmento Novo Mercado da B3. Segundo ele, a empresa fez todas as mudanças internas no primeiro semestre e está prestes a protocolar a migração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *