Restrição de horário e público em SP por covid-19 chega ao fim nesta terça

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

17/08/2021

Chegaram ao fim nesta terça-feira (17) as restrições de horários e de público em estabelecimentos como restaurantes, bares, lojas, salões de beleza, entre outros, no Estado de São Paulo.

A liberação foi determinada pelo governador João Doria (PSDB). Algumas cidades do Estado, como as que integram a região do ABC, resolveram não liberar todas as atividades por causa da disseminação da variante delta.

O Estado tem 70% da população vacinada com primeira dose e 30% com a segunda dose. Especialistas afirmam que a chamada imunidade coletiva só é alcançada quando ao menos 75% da população total estiver vacinada com duas doses.

A partir de hoje, estabelecimentos comerciais e serviços de todos os setores econômicos não terão mais limite de horário e nem de capacidade de ocupação de público. Há apenas a recomendação para que aglomerações sejam evitadas e o uso da máscara continua obrigatório.

Também serão liberados os eventos sociais, culturais (museus, cinemas, teatros, shows com público sentado), academias, clubes, centros esportivos, e as feiras corporativas com controle de público.

Continuam proibidos apenas shows com público em pé, pistas de dança e torcida em estádios de futebol, que devem ser autorizados em 1º de novembro.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.