Renda pessoal nos Estados Unidos sobe 1,1% em julho

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

27/08/2021

A renda pessoal dos americanos subiu 1,1% em julho, na comparação com o mês anterior, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (27) pouco pelo Departamento do Comércio dos EUA, superando com folga a expectativa dos economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”, de alta de 0,3% no período.

Os gastos pessoais, por sua vez, ficaram em linha com a expectativa de consenso, com alta de 0,3% no mesmo período.

O núcleo do índice de preços de gastos com consumo (PCE) – que exclui os elementos mais voláteis de alimentos e energia, e é a medida de inflação preferida pelo Federal Reserve – indicou alta de 3,6% em julho, na comparação com o mesmo período do ano passado, ficando também em linha com a expectativa de consenso.

O índice cheio do PCE indicou alta de 4,2%, com os preços de energia anotando um salto de 23,6% em relação a julho do ano passado. Na comparação com o mês anterior, o PCE indicou alta de 0,4%, enquanto o núcleo dos preços subiu 0,3%.

Veja aqui a íntegra do relatório do Departamento do Comércio dos EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *