Programa BEm atinge quase 2,6 milhões de trabalhadores até 21 de agosto

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

26/08/2021

O número de trabalhadores que tiveram seus contratos suspensos ou a jornada de trabalho reduzida com uso do Benefício Emergencial para Preservação de Renda e do Emprego (BEm) é de 2.592.524, informou nesta quinta-feira o Ministério do Trabalho e Previdência. Os dados estão atualizados até 21 de agosto.

Ao todo, foram 3.271.513 acordos firmados envolvendo 634.125 empregadores. O custo desses acordos para o governo está previsto em R$ 7 bilhões. Já foram pagos R$ 5,6 bilhões.

Do total de acordos, 41,7% dizem respeito à suspensão do contrato de trabalho. Na sequência, aparecem a redução de 70% (24,1%), de 50% (18,7%) e de 25% (15,5%).

Em julho, eram 3.396.086 contratados com garantia provisória de emprego devido ao BEm. Em dezembro, a previsão é que ainda sejam 1.343.891.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *