Produção da próxima safra de soja terá área de mais de 40 milhões de hectares

A informação consta de relatório da Consultoria Safras & Mercados

08/11/2021

Produção da próxima safra de soja terá área de mais de 40 milhões de hectares Brasil vai bater recorde e ultrapassar os 40 milhões de hectares plantados com soja na próxima safra (Foto: Divulgação)

Com mais da metade da área plantada, e num ritmo maior do que no ano passado, a próxima safra de soja no Brasil deve superar os 40 milhões de hectares, batendo recorde de extensão e da produção fina da lavoura.

A safra de 2020/2021 vai ficar em torno de 144,7 milhões de toneladas, 5,4% maior do que a anterior, que foi de 137,3 milhões de toneladas. As projeções indicam que a futura será de 142,2 milhões de toneladas. A informação é do site especializado, Safras & Mercados.

Segundo o portal, um crescimento de 4% da área, prevista em 40,5 milhões de hectares. A afra anterior ocupou uma área plantada de 38,96 milhões de hectares. No relatório anterior da própria consultoria, a estimativa era de uma área de 39,82 milhões de hectares.

Outra boa notícia para o produtor é que a média colhida por hectare também deve aumentar e passar dos 3.4542 quilos por hectares. Foram feitos ajustes nas previsões de todos os estados produtores, principalmente nos três maiores: Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás.

O analista de Safras & Mercados, Luiz Fernando Roque, explica: “os altos preços praticados no mercado interno de soja, tanto para o restante da safra disponível quanto para as entregas da safra nova (principalmente), voltaram a estimular a migração de áreas de outras culturas para a oleaginosa. Além disso, a recente queda nos preços do boi gordo também parece incentivar uma maior migração de áreas de pastagens para a cultura da soja, agregando também a abertura de novas áreas”.

 

Comercialização

Outro dado importante é o que mostra que 92% da safra 2020/2021 projetada está comercializada, mostra relatório da consultoria. Abaixo do ano passado, quando 98,7% já estava comercializada e ainda distante da média que é de 94,6% nos últimos 5 anos. Segundo o portal, “levando-se em conta uma safra estimada em 137,304 milhões de toneladas, o total de soja já negociado é de 126,257 milhões de toneladas”.

Diz ainda que “as vendas antecipadas da safra 2021/22 estão atrasadas na comparação com o ano passado e com a média de cinco anos. Levando-se em conta uma safra de 144,712 milhões de toneladas, SAFRAS estima uma comercialização antecipada de 30,6%, envolvendo 44,318 milhões de toneladas. No início de outubro, o número era de 28,1%, e que em “igual período do ano passado, o número era de 55,1% e a média dos últimos cinco anos é de 33%”.

 

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *