Análise da semana: preços do boi gordo sobem, ofertas melhoram e as escalas avançam

Melhor desempenho da arroba do boi foi no estado de Minas Gerais onde a arroba subiu, em média, R$ 5.

07/01/2022

Análise da semana: preços do boi gordo sobem, ofertas melhoram e as escalas avançam Mercado do boi: diferença de preço entre SP e MS diminui (Foto: Agência Brasil)

O ano começou bem movimentando para o mercado da pecuária. A alta nos preços do boi e da novilha e com o mercado comprador ativo durante a semana, as ofertas tiveram uma melhora, levando ao avanço das escalas nas praças paulistas, atendendo em média, oito dias. As informações são da Scot Consultoria.

O levantamento da Scot mostra que o valor pago pela arroba do boi gordo subiu R$3 na comparação diária, enquanto o preço da novilha gorda aumentou, em média, R$ 2. Já a cotação da vaca gorda permaneceu estável.

“Para animais com até trinta meses, o ágio pode chegar até R$10 a arroba em relação ao preço do mercado interno”, mostra dados da Scot.

No Norte de Minas Gerais, com as escalas de abate curtas e volume de animais ainda compassado na região, os preços do boi e vaca gordos subiram R$5 a arroba no comparativo diário. O preço da novilha gorda permaneceu estável.

Na região sudeste de Rondônia, incremento mais moderado nos preços, com aumento de R$1 para a arroba para o boi e vaca gordos. Os preços da novilha gorda permaneceram estáveis.

Da Redação. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.