Preços da soja e de seus derivados estão em queda no Brasil, aponta o Cepea

Os motivos são o fim da colheita brasileira, o início da colheita argentina e o aumento da área plantada nos Estados Unidos.

28/03/2022

Preços da soja e de seus derivados estão em queda no Brasil, aponta o Cepea Soja tem aumento de preço após valorização no exterior e alta do dólar (Foto: Divulgação)

A desvalorização do dólar frente ao Real, o final da colheita no Brasil, o início da safra argentina e a expectativa de maiores áreas plantadas nos Estados Unidos provocaram a queda nos prêmios para a exportação da soja no Brasil e recuos de preços no mercado doméstico. Os dados são do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Na semana entre 18 e 23 de março houve recuo de 4,3% e a soja chegou a R$ 193,27 a saca de 60 quilos no porto de Paranaguá, no Paraná, segundo o índice ESALQ/BM&FBovespa. O Indicador CEPEA/ESALQ – Paraná registrou baixa de 4% no mesmo comparativo. Sua aferição indica saca de 60 quilos a R$ 189,54 no dia 25.

O farelo de soja também recuou. No caso, além da desvalorização do grão, produtores e consumidores haviam estocado farelo de soja para o curto a médio prazos e não há sinalização de transações de grandes volumes no mercado spot (à vista).

A situação não é diferente para o óleo de soja. Com baixa liquidez, a disparidade entre os valores de compradores e vendedores é alta, uma vez que parte das indústrias ainda não repassou a queda do grão para o derivado, com pedidas acima da paridade de exportação, informa o Cepea.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.