Preço das carnes se valoriza 12,7% no mercado internacional em 2021

A informação está contida num levantamento da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO)

11/01/2022

Preço das carnes se valoriza 12,7% no mercado internacional em 2021

Estudo feito pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) revela que houve uma alta de 12,7% nos preços internacionais das carnes em 2021, em relação a 2020.

A FAO infirma em nota que “entre as diferentes categorias, a carne ovina registrou a maior alta nos preços, seguida da bovina e da carne de aves, enquanto os preços de carne suína caíram marginalmente”.

Em dezembro passado, o índice da FAO mostra estabilização na comparação ao mês de novembro. No entanto, 17,4% acima do registrado em dezembro de 2020.

O frango perdeu valor em dezembro em relação a novembro, em função do aumento da oferta global da proteína. Outra carne que teve preços em queda no mesmo mês é a de ovinos. A Oceania, região de grande produção mundial, aumentou a oferta do produto no mercado internacional.

O cenário não foi bom para a carne suína, que tem preços em queda pelo sexto mês seguido. No caso, os preços foram pressionados pela queda de importações da China junto aos grandes produtores mundiais.

Da Redação, com informações do CarneTec.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.