PIB do Chile cresce 1% na margem no 2º trimestre e 18,1% na base anual

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

18/08/2021

A economia do Chile segue dando sinais de recuperação. Dados divulgados nesta quarta-feira (18) pelo Banco Central mostram que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 18,1% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com os três primeiros meses do ano, a alta foi de 1%.

O desempenho superou a expectativa de analistas ouvidos pela imprensa chilena, que esperavam um crescimento anual de 17,4%. O Banco Central disse que o resultado expressivo ocorre devido à base de comparação baixa. No mesmo período de 2020, a atividade econômica estava sob fortes restrições por causa da pandemia de covid-19.

A autoridade monetária destacou que medidas de apoio implementadas pelo governo, como o saque parcial dos fundos de pensão privados, e uma maior adaptação da economia às restrições sanitárias, tiveram um impacto positivo sobre o resultado entre abril e junho.

  • Leia mais: Chile começa a aplicar 3ª dose da vacina contra a covid-19

Os serviços pessoais, em particular a educação e a saúde, tiveram uma contribuição especial para a expansão da economia no segundo trimestre, destacou o Banco Central. O comércio e, em menor escala, a indústria manufatureira, também se destacaram no período.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *