Paralisação de caminhoneiros, alumínio nas alturas, IPCA e reunião do BCE: As notícias mais quentes do dia

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

09/09/2021

Paralisação de caminhoneiros

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, fez um alerta para os caminhoneiros de que uma greve geral da categoria traria inflação e desabastecimento no País. Nesta quinta-feira (09), caminhoneiros realizam paralisações em trechos de rodovias de pelo menos 15 Estados. Segundo boletim do Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 8 horas eram registrados pontos de concentração em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. A Polícia Rodoviária informa ainda que alguns corredores logísticos essenciais foram liberados agora pela manhã. São eles: BR-040/Minas Gerais, BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa), BR-040/Rio de Janeiro (Reduc), BR-101/Espírito Santo, BR-376/Paraná, BR-153/Goiás (Anápolis). O protesto indígena que bloqueava parte da BR-174, em Roraima, também foi finalizado.

Alumínio nas alturas

O preço do alumínio no mercado internacional chegou ao seu maior patamar desde 2008 nesta quinta-feira (09) na Bolsa de Metais de Londres em meio às questões sobre a oferta do metal. A China vem restringindo produção ilegal de alumínio enquanto tenta reduzir emissões da sua indústria metalúrgica. O golpe na Guiné, que produz 22% da bauxita mundial, matéria-prima para fabricação do metal, acentuou os riscos de oferta. A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), que abriu o capital no mês passado, chegou à sua maior cotação na segunda-feira, puxada pela valorização do metal. Em relação ao preço da oferta inicial, em 15 de agosto, o papel sobe 14%.

Videogame na China

O mercado em Hong Kong fechou em baixa nesta quinta-feira, com ações de empresas ligadas ao setor de videogames liderando as quedas após a China impor novas regulações a Tencent e NetEase. Notícias que Pequim suspendeu a aprovação para novos jogos online também assustou investidores.

Suzano capta US$ 500 milhões

A Suzano captou US$ 500 milhões em um novo bônus sustentável com prazo de sete anos. A orientação inicial de preço era de 3,1%, mas a operação acabou saindo a 2,7%, o menor yield já registrado por uma companhia brasileira para um papel com esse prazo.

Movida faz emissão no mercado internacional

A Movida Europe, subsidiária da Movida, realizou a emissão de títulos de dívida no mercado internacional no total de US$ 300 milhões, remunerados à taxa de 5,25% ao ano. O vencimento será em 8 de fevereiro de 2031.

CCR não negocia aeroporto

A CCR disse que, neste momento, não está em negociação para uma aquisição do aeroporto de Guarulhos. Na quarta-feira (08), o Valor informou que a Invepar, companhia controladora do ativo, está em busca de um novo sócio para a concessão e que o banco Goldman Sachs foi contratado para prospectar potenciais parceiros.

Azul registra alta de passageiros

O tráfego total de passageiros da Azul RPK, avançou 173% em agosto, na comparação anual, puxado pelas altas de 176,9% no tráfego doméstico e de 125% no internacional.

T4F perde diretor de RI

O diretor financeiro e de RI da T4F, André Pinheiro Veloso, renunciou ao cargo. O conselho de administração aprovou a indicação do diretor-presidente, Fernando Luiz Alterio ao cargo, que será ocupado de forma cumulativa e interina.

Eventos on-line

O diretor-presidente da Westwing, Andres Mutschler, participa às 12h de live. O executivo falará sobre resultados da companhia e crescimento do comércio eletrônico. O presidente da Ânima Holding, Marcelo Battistella Bueno, e o diretor financeiro, André Tavares, participam de live sobre resultados do segundo trimestre deste ano, às 16h. Às 17h, o vice-presidente institucional e de compliance da Multiplan, Vander Giordano, participa de transmissão ao vivo. O presidente da PetroRecôncavo, Marcelo Magalhães, participa de um evento online e fala sobre a empresa e os resultados no segundo trimestre, às 18h. Às 18h30, o diretor geral da Klabin, Cristiano Teixeira, fala sobre o enfrentamento à crise climática em live.

FGV divulga IPC-S Capitais da primeira quadrissemana de setembro

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV) divulga, às 8h, o Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) para sete capitais brasileiras da primeira quadrissemana de setembro. A desaceleração da inflação medida pelo IPC-S de 0,75% na terceira prévia de agosto para 0,71% no encerramento daquele mês foi verificada em cinco das sete capitais pesquisadas. Houve abrandamento no ritmo de alta em relação à medição imediatamente anterior em Salvador (0,40% para 0,25%), Brasília (0,71% para 0,64%), Belo Horizonte (0,35% para 0,33%), Porto Alegre (1,22% para 1,17%) e São Paulo (0,74% para 0,65%). Registraram avanços mais expressivos Recife (1,06% para 1,19%) e Rio de Janeiro (0,52% para 0,65%).

IBGE apresenta IPCA de agosto

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta, às 9h, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de agosto. Segundo a mediana de estimativas de 35 instituições ouvidas pelo Valor Data, o IPCA deve ter desacelerado de 0,96% em julho para 0,70% em agosto, na comparação mensal. O intervalo de estimativas vai de 0,62% a 0,85%. Em julho de 2020, a variação mensal havia sido de 0,36%. Depois de acumular 8,99% em 12 meses até julho, a inflação pelo IPCA nesse mesmo critério pode avançar até 9,5% ainda segundo a mediana do Valor Data. As projeções para o acumulado em 12 meses ficaram entre 9,4% e 9,66%.

IBGE publica INPC de agosto

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publica, às 9h, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de agosto. O indicador mede a inflação para famílias com renda de até cinco salários mínimos e tem o grupo Alimentos com o maior peso em sua composição. Em julho, o indicador apresentou alta de 1,02%, 0,42 p.p. acima do resultado de junho (0,60%). No ano, o indicador acumula alta de 5,01% e, em 12 meses, de 9,85%, acima dos 9,22% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em julho de 2020, a taxa foi de 0,44%. Produtos alimentícios subiram 0,66% em julho, ficando acima, portanto, do resultado de junho (0,47%). Já os não alimentícios tiveram alta de 1,13%, enquanto em junho haviam registrado 0,64%. No que diz respeito aos índices regionais, todas as áreas registraram alta em julho.

IBGE apresenta LSPA de agosto

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresenta, às 9h, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de agosto. Em julho, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas estimada para 2021 sofreu mais um declínio em relação ao mês anterior (-0,9%, ou 2,4 milhões de toneladas), mas continua em nível recorde. Com isso, a safra deve alcançar 256,1 milhões de toneladas, 0,8% superior à obtida em 2020 (254,1 milhões de toneladas), aumento de 1,9 milhão de toneladas. A área a ser colhida é de 68,2 milhões de hectares, 4,3% maior (2,8 milhões de hectares) que a área colhida em 2020. Em relação ao mês anterior, a área a ser colhida cresceu 0,3% (177,6 mil hectares). O arroz, o milho e a soja, os três principais produtos deste grupo, representam 92,4% da estimativa da produção e respondem por 87,7% da área a ser colhida.

IBGE comunica pesquisa industrial regional de julho

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comunica, às 9h, a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) Regional de julho. Em junho, a produção da indústria brasileira subiu em 11 dos 15 locais pesquisados frente a abril. Em relação a maio de 2020, houve alta em 12 dos 15 locais pesquisados. Considerando o resultado acumulado em 12 meses, houve taxas positivas em 10 dos 15 locais pesquisados. A produção nacional cresceu 1,4% em maio, frente a abril. Na passagem entre abril e maio, o principal impacto veio de São Paulo, com crescimento de 3,9%. As altas mais acentuadas ocorreram em Goiás (4,8%) e Minas Gerais (4,6%). Por outro lado, a Região Nordeste (-2,8%) teve o recuo mais intenso no mês.

IBGE anuncia Sinapi de agosto

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anuncia, às 9h, o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) de agosto. Em julho, o índice foi de 1,89%. As taxas apresentaram alta em todas as regiões, sobretudo no Sudeste (2,25%), devido ao aumento na parcela dos materiais. O acumulado no ano foi de 13,49% e, em 12 meses, de 22,60%, acima dos 12 meses imediatamente anteriores (20,92%). Em julho de 2020, a taxa foi 0,49%. O custo nacional da construção, por metro quadrado, passou de R$ 1.421,87 em junho para R$ 1.448,78 em julho, sendo R$ 853,03 relativos aos materiais e R$ 595,75 à mão de obra.

Conab publica o 12º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) publica, às 9h, o 12º Levantamento da Safra de Grãos 2020/21. No décimo primeiro levantamento, a produção nacional de grãos foi estimada em 254 milhões de toneladas, volume menor que a safra anterior em 1,2%.

Tesouro realiza leilão tradicional de LTN, LFT e NTN-F

A Secretaria do Tesouro Nacional faz às 11h leilão tradicional de Letras do Tesouro Nacional (LTN), Letras Financeiras do Tesouro (LFT) e Notas do Tesouro Nacional Série F (NTN-F). As LTN que serão ofertadas têm vencimentos nos dias 1º de abril de 2022; 1º de julho de 2023 e 1º de janeiro de 2025. As LFT vencem em 1º de setembro de 2023 e 1º de setembro de 2027. As NTN-F, em 1º de janeiro de 2027 e 1º de janeiro de 2031. A liquidação financeira dos papeis ocorrerá na sexta-feira.

BCE informa decisão de política monetária

O Banco Central Europeu (BCE) informa, às 8h45 (de Brasília), sua decisão de política monetária. A taxa de juro está em 0% e a expectativa é de sua manutenção. Às 9h30, a presidente do BCE, Christine Lagarde, concede entrevista coletiva à imprensa para comentar a medida.

Tesouro dos EUA realiza leilão de T-bonds de 30 anos

O Departamento do Tesouro dos EUA realiza leilão de T-bonds de 30 anos. Às 14h (de Brasília), saem os resultados.

Dirigentes do Fed proferem discursos

A integrante do conselho do Federal Reserve, Michelle Bowman, profere discurso às 14h (de Brasília). O presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams, fala às 15h (de Brasília).

Presidente da República em videoconferência do Brics

O presidente Jair Bolsonaro participa, às 9h, de videoconferência da XIII Cúpula do Bricis. Às 15h, despacha com Pedro Cesar Sousa, subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência, e, às 15h30, com Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Câmara vota projetos sobre temas eleitorais

A Câmara dos Deputados poderá votar o novo Código Eleitoral (Projeto de Lei Complementar 112/21) e os projetos de lei de temas eleitorais cuja urgência foi aprovada nesta quarta-feira (PLs 783/21, 1951/21 e 4572/19). A sessão do Plenário está marcada para as 10h.

CCJ debate proposta que altera regras para pagamento de precatórios

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados realiza às 9h audiência pública para debater a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 23/21, do Poder Executivo, que altera as regras de pagamentos de precatórios. Participam Bruno Funchal, secretário do Tesouro; Ricardo Soriano de Alencar, procurador-geral da Fazenda Nacional, além de representantes da AGU, OAB, e do MP de Contas.

Comissão da Câmara faz audiência sobre indenização a profissionais de saúde

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara faz audiência pública às 14h sobre indenização para profissionais de saúde incapacitados pela covid-19. Participam representantes da Economia e Casa Civil.

STF continua julgamento de marco temporal

O Supremo Tribunal Federal (STF) prossegue, a partir de 14h, o julgamento do Recurso Extraordinário, que trata da definição do estatuto jurídico-constitucional das relações de posse das áreas de tradicional ocupação indígena e desde quando essa ocupação deverá prevalecer, o chamado marco temporal.

Ministro da Economia em fórum do Santander

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa, às 12h, do Virtual 10th annual Latin America European Forum do Banco Santander. Às 17h, terá reunião com o secretário especial da Receita Federal, José Tostes; Esteves Colnago, chefe de Assessoria Especial de Relações Institucionais; Marcelo Guaranys, secretário executivo; Bruno Funchal, secretário especial do Tesouro e Orçamento, e Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica, entre outros auxiliares.

Presidente do BC em reunião sobre moedas digitais

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, estará em São Paulo com agenda de despachos internos pela manhã. Às 17h, participa de reunião sobre Moedas Digitais, organizada pelo Centro de Debates de Políticas Públicas (CDPP) e Casa das Garças (CdG), por videoconferência. O diretor Bruno Serra Fernandes (Política Monetária) acompanha como ouvinte dessa reunião.

Diretores do BC participam de reunião promovida pelo BIS

Os diretores do Banco Central Fernanda Guardado (Assuntos Internacionais e de Gestão de Riscos Corporativos) e Fabio Kanczuk (Política Econômica) participam, às 7h30, por videoconferência, de reunião do Committee on the Global Financial System (CGFS), promovida pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS). Fernanda Guardado também participa, às 14h30, por videoconferência, de reunião com Joana Pereira, representante residente do Fundo Monetário Internacional (FMI) no Brasil, para tratar assuntos institucionais, no Rio de Janeiro. Kanczuk ainda terá, às 14h, reunião, por videoconferência, com Cassiana Fernandez, chief economist for Brazil; Jahangir Aziz, head of EM Economics & Commodities; Vinicius Moreira, Brazil economist, e Cristiano Souza, Brazil economist, do Banco JP Morgan, para tratar de conjuntura econômica. Às 15h, terá reunião com Armando Rosselli e Manuel Canas, emerging markets analysts, da Duquesne Capital Management LLC, para tratar de conjuntura econômica. Carolina de Assis Barros (Administração) participa, às 11h, da abertura, por videoconferência, da “XIV Reunión sobre Administración de Recursos Humanos de Banca Central”, promovida pelo Banco Central do Brasil junto com o Centro de Estudos Monetários Latino-Americanos (Cemla), em Brasília. Paulo Souza (Fiscalização) terá, às 10h, reunião, por videoconferência, com representantes da Caixa Econômica Federal para tratar de assuntos de supervisão. João Manoel Pinho de Mello (Organização do Sistema Financeiro e Resolução) estará em São Paulo onde, às 14h, terá reunião, por videoconferência, com Ana Carla Abrão, sócia e head; Nuno Monteiro, sócio; Rodrigo Gouvea, diretor, e Mariana Scarpari, gerente, da Oliver Wyman Brasil, sobre assuntos de organização do sistema financeiro. Bruno Serra Fernandes (Política Monetária) terá, às 10h, reunião, por videoconferência, com Stefanie Birman, estrategista-chefe; Sergio Almeida, responsável pela Mesa de Câmbio; Roberto Moreno, responsável pela Mesa de Juros; Jesse Queres, responsável pela Mesa de Cross Assets, e Leo Vainzof, responsável pela Mesa de Flow, da BTG Pactual. Às 12h30, terá almoço com Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica, e Bruno Funchal, secretário especial do Tesouro e Orçamento, do Ministério da Economia, para tratar sobre assuntos institucionais. Às 15h, terá reunião, por videoconferência, com Fabio Spinola Vianna, CEO e gestor; Alexandre Correa Bassoli, economista-chefe; Paulo Eduardo Mueller Weickert, portfólio manager e head de Equity-Research, e Ana Paula Soler Moreno Fachim, portfólio manager, da Apex, para tratar sobre conjuntura econômica. Otavio Ribeiro Damaso (Regulação) terá, às 16h, reunião, por videoconferência, com Gustavo Henrique Santos de Sousa, diretor-presidente e diretor de Relações com Investidores, e Louangela Bianchini, superintendente executiva Jurídica e Relações Governamentais, da Cielo, em Brasília, sobre assuntos de regulação. Às 17h, terá reunião, por videoconferência, com Matias Granata, diretor de Riscos, e Tatiana Grecco, diretora de Capital, Risco de Mercado e Liquidez, do Itaú Unibanco, em Brasília, sobre assuntos de regulação. Mauricio Moura (Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta) participa, às 15h30, por videoconferência, de reunião com representantes da Secretaria Especial de Modernização do Estado e da Secretaria de Governo Digital, em Brasília, para tratar de assuntos institucionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *