Ouro fecha em alta após dados fracos divulgados pelo Fed de Nova York

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

16/08/2021

Após operar em queda no começo desta segunda-feira (16), o ouro encerrou em alta o pregão. A mudança do movimento ocorreu em meio à divulgação do índice industrial do Fed de Nova York, que recuou mais do que o esperado.

O preço dos contratos para dezembro subiu 0,70%, a US$ 1.789,80 a onça-troy, na Comex da Bolsa de Mercadorias de Nova York.

O índice de atividade industrial Empire State, do Federal Reserve de Nova York, indicou uma forte desaceleração em agosto, recuando 18,3 pontos no mês, de 43,0 pontos da leitura anterior. A desaceleração foi ainda maior do que as expectativas dos economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, de 29,0 pontos.

Mais cedo, os contratos futuros do ouro operavam em queda, pressionados por um movimento de correção dos ganhos recentes do metal, mas os dados do Fed de Nova York acabaram por impulsionar a procura por ativos de proteção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *