Omar Aziz sugere que Roberto Ferreira Dias faça delação

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

26/08/2021

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), sugeriu nesta quinta-feira que o ex-diretor do departamento de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias faça um acordo de delação premiada.

O senador destacou o fato de Ferreira Dias ter sido mencionado em vários depoimentos ao colegiado e ter participado de diversas reuniões com relação a processos de negociação suspeitas para a compra de vacinas e insumos contra a covid-19.

“Vou aconselhar a fazer uma delação premiada, porque vai sobrar tudo para ele. O Bobby, esse Bobby [Roberto Ferreira Dias] está em todo lugar; está no shopping, está na casa de não sei quem, não sei onde”, disse Aziz.

A CPI da Covid ouve depoimento do empresário José Ricardo Santana nesta quinta-feira. Ele entrou na mira da comissão porque esteve presente em jantar no restaurante Vasto, em Brasília, em 25 de fevereiro, quando teria sido feito o pedido de propina no episódio da oferta de 400 milhões de doses da vacina da AstraZeneca pela empresa americana Davati.

Ferreira Dias também teria participado desse encontro. Ao colegiado, Santana disse não ter ouvido qualquer pedido de propina durante o jantar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *