Nova York também exigirá prova de vacinação em museus e estádios

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

16/08/2021

A cidade de Nova York expandirá a exigência de vacinação e cobrará que os moradores provem que tomaram pelo menos uma dose dos imunizantes contra a covid-19 para frequentar museus, cassinos e estádios. Funcionários desses locais também terão de se vacinar

A medida foi confirmada nesta segunda-feira pelo prefeito Bill de Blasio, depois de autoridades anunciarem que cobrariam a prova de vacinação para o acesso a locais como restaurantes, academias e salas de espetáculo, tornando Nova York na primeira cidade dos Estados Unidos a adotar esse tipo de medida.

“Queremos que vocês aproveitem a cidade, mas você precisa estar vacinado para isso”, disse o prefeito.

De Blasio tem adotado várias medidas para acelerar a vacinação contra a covid-19 em meio a um aumento do número de casos de covid-19 nos EUA, provocado pela variante delta, mais transmissível. Como parte do esforço, a prefeitura começou a oferecer US$ 100 em vales-presente para as pessoas que tomassem a primeira dose dos imunizantes em um dos postos da cidade.

O passe sanitário de Nova York, semelhante ao adotado por países como França e Itália, foi batizado como “Key to NYC Pass”.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *