Não faltou atuação do procurador-geral, diz Aras sobre enfrentamento da covid

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

24/08/2021

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou que não faltou atuação da PGR em “nenhum momento” nesses 18 meses de enfrentamento à covid-19. A declaração aconteceu na sabatina na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) do Senado.

Ele contou que, durante a crise da falta de oxigênio em Manaus, perdeu “umas três noites dialogando” com autoridades para levar o insumo à região Norte.

Aras também voltou a citar que pediu a abertura de inquérito contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello – o que aconteceu depois de o órgão ser pressionado. “Como guardião da democracia, o Ministério Público Federal tem o dever de manter-se na ordem jurídica.”

Ele também disse que, somente no gabinete do PGR, foram destinados quase R$ 2,5 bilhões ao combate da pandemia.

“Em relação à covid, deposito documentos com todos os números, que revelam que não faltou atuação da PGR em nenhum momento”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *