Minério de ferro interrompe correção e sobe 5,9% na China

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

20/08/2021

Depois de perderem mais de US$ 30 por tonelada em apenas três dias, os preços do minério de ferro reagiram no mercado à vista e recuperaram o nível de US$ 140 por tonelada. Contudo, participantes de mercado alertam que o sentimento de cautela segue rondando os negócios.

No porto de Qingdao, o minério com teor de 62% de ferro fechou o dia com alta de 5,9%, a US$ 140,44 por tonelada, segundo a publicação especializada Fastmarkets MB. Um dia antes, teve queda expressiva, de dois dígitos. Na semana, a desvalorização foi de 13%.

Em agosto, a principal matéria-prima do aço exibe perda de 22,7%. No ano, a baixa acumulada é de 12,5%.

Conforme a Fastmarkets, apesar da recuperação desta sexta-feira, o clima nos portos chineses é de cautela, uma vez que a demanda por parte das siderúrgicas não deu sinais de reaquecimento.

Na Bolsa de Commmodity de Dalian, os contratos de minério mais negociados para janeiro fecharam o dia com alta de 0,3%, a 777,50 yuan por tonelada. Em Cingapura, o ganho dos contratos com vencimento em setembro superava 5%, a US$ 137,30 por tonelada, conforme a Argus Media.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *