Minério de ferro cai 5,8% em Qingdao, com cortes na produção de aço

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

10/08/2021

Os preços do minério de ferro caíram com força nesta terça-feira no mercado à vista, acompanhando a desvalorização dos contratos futuros vista na véspera e novos cortes na produção de aço na China.

Segundo a publicação especializada Fastmarkets MB, a tonelada do minério com teor de 62% de ferro encerrou o dia com baixa de 5,8%, para US$ 162,44. Esse é o preço mais baixo desde 26 de março.

Com esse desempenho, a commodity acumulou desvalorização de mais de 10% em agosto e reduziu a 1,2% o ganho em 2021.

Segundo a Fastmarkets, a demanda mais fraca de minério na China, na esteira das medidas para controle da emissão de gases do efeito estuda e seus reflexos na produção de aço em Tangshan, estão por trás da correção dos preços da matéria-prima.

A China está adotando uma nova rodada de medidas ambientais também em preparação aos Jogos de Inverno marcados para fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *