Microsoft contrata executivo veterano de nuvem que atuou desde 1998 na Amazon

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

26/08/2021

A Microsoft contratou o ex-executivo de nuvem da Amazon Charlie Bell, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto. Ainda não está claro quando Bell ingressará ou qual será sua função exata na companhia, disse a fonte. A contratação ocorre em um momento em que a divisão de nuvem Azure, da Microsoft, está fechando a lacuna com a Amazon Web Services (AWS), líder de mercado no segmento.

  • Leia mais: Sem Jeff Bezos como CEO, Amazon abre novo capítulo de sua história

Na Amazon, Bell era um vice-presidente sênior, que se reportava ao ex-chefe da AWS e atual CEO da Amazon, Andy Jassy. Bell supervisionava as equipes de engenharia que trabalhavam nos principais serviços de software da AWS.

  • Leia mais: Amazon explora possibilidade de pagamentos com criptomoedas

Bell trabalhou em software para o programa de ônibus espaciais da Nasa no início de sua carreira e ingressou na Amazon em 1998, quando a empresa adquiriu sua startup de software de comércio eletrônico.

A AWS tem duas vezes mais participação de mercado do que o Azure, da Microsoft, e ambas as empresas estão tentando se defender das invasões do Google.

Um porta-voz da Microsoft se recusou a confirmar a contratação. Bell e Amazon não retornaram imediatamente os pedidos de comentários.

Bell é o último de uma série de saídas em meio a uma mudança na alta administração que viu Jeff Bezos ceder a função de CEO para Jassy e Adam Selipsky assumir como chefe da AWS.

Selipsky anunciou a saída de Bell no início de agosto. Qualquer acordo de não concorrência assinado por Bell com a Amazon pode impedi-lo de trabalhar em coisas semelhantes na Microsoft. A Amazon há muito busca fazer cumprir esses acordos vigorosamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *