Mesmo com suspensão temporária, MT espera recorde na exportação de carne bovina

O estado deve ter receitas de US$ 1,74 bilhão e o país, US$ 9 bilhões

29/12/2021

Mesmo com suspensão temporária, MT espera recorde na exportação de carne bovina Mesmo com suspensão das exportações para a China, Mato Grosso prevê recorde de embarques ao exterior (Foto: Agência Brasil)

Com a retomada das exportações para a China e perspectivas de abertura de novos mercados, levam às estimativas do Instituto Mato-Grossense de Carne (Imac) a prever exportações superiores a US$ 1,74 bilhão em 2021, diz o site especializado CarneTec..

Mesmo com a suspensão temporária das exportações para nosso maior comprador, que durou cem dias, a receita com os embarques deve ser recorde.

Em 2020, o Mato Grosso já havia exportado US$ 1,68 bilhão.

Segundo expectativas do Imac, este ano, o Brasil vai exportar 1,8 milhão de toneladas de carne bovina com receita de US$ 9 bilhões até o dia 31 de dezembro de 2021.

O diretor de Operações do Imac, Bruno de Jesus Andrade, em comunicado divulgado na semana passada, revela que “conseguimos manter o ritmo das exportações em função do desempenho de janeiro a setembro deste ano”.

O Instituto acredita que em 2022 o preço da arroba vai ficar estabilizada. Houve redução no abate de fêmeas. Como resultado, o mercado terá mais animais. Com isso, os preços tendem a se estabilizar.

Para Andrade, “o consumidor brasileiro pode esperar por preços estáveis, porém, ainda altos no primeiro semestre pelo menos, já que há expectativa de uma maior oferta de animais para abate a partir do segundo semestre de 2022”.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.