Mercado do boi deve ficar conservador na semana que vem, diz analista

Os preços que estavam se valorizando, se estabilizaram desde o final da última semana

11/03/2022

Mercado do boi deve ficar conservador na semana que vem, diz analista Arroba do boi fecha semana com preços estáveis em São Paulo (Foto: Agência Brasil)

Alcides Torres, engenheiro agrônomo e analista de mercado a Scot Consultoria, em análise do mercado do boi nos últimos dez dias diz que até o final da semana passada a arroba do vinha se valorizando também no mercado interno e o ágio para as vendas ao mercado externo estava entre R$ 25 a R$ 30.

Diz, no entanto, que há exceções e variações entre as praças referências. Há aquelas em que os compradores estão pagando mais inclusive para o mercado interno. “Tem praça que caiu e tem praça que subiu”.

Lembra que a praça referência de São Paulo, os preços deram uma estabilizada. O período de pagamento passou, o consumiu caiu e as indústrias alongaram as escalas de abate entre 5 e 11 dias. Com isso, os compradores devem se posicionar de forma mais conservadora a partir da semana que vem, prevê.

Por outro lado, mesmo com a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, ele acredita que o mercado externo e as exportações não serão afetadas. Os dois países têm uma participação insignificante no total de carne bovina embarcada pelo Brasil.

O país deve bater novo recorde de exportações. Cita o mês de fevereiro, quando já batemos recorde na exportação. No entanto, o cenário vai permanecer assim desde que a guerra não escale e envolva outros países e o mundo não tenha uma grande crise humanitária. “O futuro a Deus pertence”, pontua.

Há um temor, mas até aqui o mercado da carne bovina não foi afetado.

Um dos fatores levantados pelo analista é o aumento de custo de produção. Esse fator tende a impedir o aforamento dos preços, apesar do pais estar em plena safra. No entanto, ele vê a atual safra sui generis. Já em março, e não há oferta significativa de boiadas para justificar uma queda acentuada nos preços.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.