Mercado do boi começa a reagir em São Paulo

Scot Consultoria avalia que ele poderá voltar à normalidade entre final de janeiro e começo de fevereiro

20/12/2021

Mercado do boi começa a reagir em São Paulo Mercado: preço da arroba se mantém estável nesta quinta (13). (Foto: Divulgação).

Na última sexta-feira (17) o mercado do boi acordou comprador, segundo a engenheira agrônoma e consultora da Scot Consultoria, Jéssica Olivier. A arroba do boi gordo aumentou R$ 3,00 e foi comercializada a R$ 315,00. A arroba das vacas se valorizou R$ 2,00.

Segundo a analista, são os primeiros reflexos do retorno da China ao mercado importador brasileiro. Ela acredita que os preços se mantenham firmes, mas menos intensos. As compras no mercado interno para o final do ano foram realizadas e aguarda-se para o final de janeiro e começo de fevereiro melhores preços com a normalização das exportações.

Ela também registra uma queda no atacado com osso, para carcaças casadas. Os bois castrados perderam R$ 2,00 a arroba, enquanto que os inteiros perderam R$ 7,00. Ela informa que os preços ao consumidor caíram 1,3%. Consumo fraco no mercado inteiro.

Exportações

Nos primeiros dez dias de dezembro as exportações continuaram em queda. Foram embarcadas 37,8 mil toneladas, 17% a menos do que em dezembro de 2020. Ela debita a queda a falta das compras chinesas, p que atinge o faturamento de todo o setor.

Espera-se que as importações se normalizem no final de janeiro, início de fevereiro, com grandes volumes, inclusive certificando a carne que ficou estocada nesse período em que a China deixou de comprar. Se isso acontecer, os preços devem crescer junto a esse movimento.

Da Redação.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *