Marcopolo concede férias coletivas por escassez de componentes eletrônicos

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

06/08/2021

A fabricante de componentes e carrocerias de ônibus Marcopolo anunciou nesta sexta-feira (06) que vai conceder férias coletivas em suas fábricas no Brasil por conta da escassez de componentes eletrônicos usados em seu processo produtivo.

A partir do dia 23 de agosto a produção na planta de San Marino (RS) será interrompida por 20 dias, enquanto em Ana Rech (RS) e São Mateus (ES) as férias coletivas serão de 30 dias.

  • Leia mais: Lucro da Marcopolo sobe 3.663% no 2º trimestre, com resultado financeiro favorável

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *