Maior produtor mundial de trigo, Rússia vai estabelecer cota para exportação

No total, o país deve impor uma cota geral de 14 milhões de toneladas

03/12/2021

Maior produtor mundial de trigo, Rússia vai estabelecer cota para exportação Rússia, o maior produtor mundial, deve impor cota para exportar trigo (Foto: PIxabay)

A Rússia vai impor uma cota de 14 milhões de toneladas para exportação de grãos, informou a Reuters, após ouvir a agência de notícias daquele país, Interfax, em texto publicado pelo site de economia MoneyTimes.

Segundo fontes oficiais, a diminuição da cota é para evitar a falta de alimentos no mercado interno. Vale lembrar que a Rússia é a maior produtora de trigo do mundo. A cota vai valer de 15 de fevereiro a 30 de julhos.

Pela primeira vez, o país deve estabelecer uma cota de exportação para o trigo, em torno de 9 milhões de toneladas. Não há decisão final sobre o caso.

A autoridade agrícola russa disse a agência Reuters que o tamanho e o tempo para a cota será estabelecido pelo governo.

Para se ter uma noção do tamanho do problema, em 2021 a cota de exportação m quantidade fixa apenas para ele.

Uma fonte do governo russo disse à agência, reproduzido pelo MoneyTimes, que “planejamos discutir um período de tempo concreto e o tamanho da cota para 2022 com o Ministério da Agricultura em um futuro próximo”.

Ainda segundo a mesma fonte, ele espera que a cota “seja comparável à medida deste ano”.

Da Redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *