Latam se diz pronta para aumentar número de voos entre Brasil e EUA

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

20/09/2021

A Latam afirmou nesta segunda-feira que está preparada para aumentar o número de voos entre o Brasil e Estados Unidos assim que a reabertura aos viajantes estrangeiros for oficializada pelo governo americano.

Os EUA anunciaram que pretendem liberar a entrada no país à maior parte dos viajantes estrangeiros totalmente vacinados contra a covid-19 a partir de novembro, encerrando a proibição decretada no início da pandemia pelo ex-presidente Donald Trump.

“A Latam recebe com entusiasmo a notícia dos planos de abertura das fronteiras do Estados Unidos, pois é um importante mercado para a companhia”, disse em nota. A empresa destacou que não deixou de operar voos do Brasil para os EUA durante a pandemia, nas rotas de São Paulo a Miami e Nova York.

Segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês) a nova política substituirá s chamadas restrições 212F, que impediam de entrar nos EUA qualquer pessoa que estivesse em 33 países específicos (incluindo Brasil, China e Reino Unidos) nos últimos 14 dias antes da viagem.

Viajantes estrangeiros terão de apresentar um comprovante de vacinação antes de embarcar para os EUA, segundo o chefe da força-tarefa contra a covid-19 da Casa Branca, Jeff Zients. Ele disse que o novo sistema para viagens internacionais entrará em vigor “no início de novembro”, mas não especificou uma data.

Ainda há dúvidas sobre quais vacinas aceitas e quem será considerado “totalmente vacinado” para os EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *