IPC-Fipe interrompe sequência de altas e fica em 1,34% na 1ª leitura de setembro

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

10/09/2021

A inflação na cidade de São Paulo interrompeu a sequência de 14 semanas de aceleração e ficou em 1,34% na primeira quadrissemana de setembro, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). No encerramento de agosto, o indicador tinha subido 1,44%.

Das sete classes de despesa que compõem o indicador, tiveram alta menos acentuada do fim de agosto para o início de setembro Habitação (1,50% para 1,39%), Alimentação (2,29% para 1,87%) e Educação (0,04% para 0,02%).

Outras três verificaram aceleração do ritmo de avanço: Transportes (1,25% para 1,28%), Despesas Pessoais (1,61% para 1,82%) e Vestuário (0,11% para 0,29%). Saúde repetiu a queda de preços da leitura anterior, de 0,04%.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *