Inmet e Marinha informam que Sul do país pode ter Tempestade Subtropical chamada “Yakecan”

Rajadas de vento podem superar 100 km/h, entrando no território a partir da costa do Rio Grande do Sul.

17/05/2022

Inmet e Marinha informam que Sul do país pode ter Tempestade Subtropical chamada “Yakecan” Tempestade subtropical afeta o sul e pode chegar a São Paulo. (Foto: PIxabay)

Desde a noite desta segunda-feira (16), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) previu ocorrências de ciclone subtropical na costa do Rio Grande do Sul. Ele deve evoluir ao longo desta terça-feira (17), classificado como Tempestade Subtropical “Yakecan” com rajadas de vento que podem superar os 100 km/h.

Até a noite de quarta-feira (18), a Tempestade Subtropical “Yakecan” poderá se intensificar e ser classificada como Tempestade Tropical, quando as rajadas de vento poderão superar os 110 km/h, do extremo sul e leste do Rio Grande do Sul ao litoral sul de Santa Catarina. Até o final da semana, o sistema se deslocará ao litoral da Região Sudeste perdendo força, mas pode chegar a São Paulo.

A expressão “Yakecan” significa “o som do céu” em tupi-guarani. A nomenclatura foi oficialmente estabelecida na publicação do site do CHM, conforme a relação de nomes que consta nas Normas da Autoridade Marítima para as Atividades de Meteorologia Marítima. Elas estão disponíveis em https://www.marinha.mil.br/dhn/?q=pt-br/normas-legislacoes.

 

Da Redação, com Mapa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.