Indorama compra Oxiteno, Rede D’Or faz oferta pela Alliar e BHP quer vender seu segmento de petróleo: As notícias mais quentes de hoje

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

16/08/2021

Ultra vende a Oxiteno para o grupo Indorama Ventures

O grupo Indorama Ventures comprou a empresa química Oxiteno, do grupo Ultra, por US$ 1,3 bilhão. A Oxiteno é um das maiores empresas de especialidades químicas do país, com atuação na América do Sul, México e Estados Unidos.

Rede D’Or faz oferta pela Alliar

A Rede D’Or São Luiz fará uma oferta pelas ações da empresa de medicina diagnóstica Alliar. O negócio está avaliado em R$ 1,35 bilhão. O preço oferecido representa um prêmio de 21,8% em relação à cotação de fechamento das ações da Alliar no último pregão da B3 e de 12,6% em relação ao preço médio de fechamento ponderado por volume dos últimos 30 dias. Na sexta-feira (13), a Alliar anunciou o fim do acordo de acionistas.

Viveo compra a Profarma Speciality

A Viveo anunciou nesta manhã a aquisição da Profarma Speciality e da Cirúrgica Mafra por R$ 900 milhões.

lucro da Ambipar cresce 235%

A empresa de gestão ambiental Ambipar teve lucro líquido de R$ 40,6 milhões no segundo trimestre, mais que triplicando os ganhos na comparação anual, uma alta de 235%, sustentada pelo forte volume de aquisições que realizou no último ano.

Balanços do dia

A temporada de balanços chega ao último dia, com resultados de Anima (com teleconferência às 10h), Méliuz (a companhia faz teleconferência às 11h), BRB (a teleconferência será amanhã, às 11h) e Hermes Pardini (a teleconferência está prevista para amanhã, às 10h). Após o fechamento, Cemig, Petrorecôncavo, Cruzeiro do Sul, Gafisa, Hidrovias do Brasil, Yduqs, Boa Vista, GetNinjas, Desktop, Espaço Laser, Focus Energia, Jalles Machado, Bemobi, Dimed e Mosaico divulgam os resultados do segundo trimestre. Bahema, Brisanet, IRB Brasil e Rio Alto também divulgam os números, mas não informaram o horário.

BHP quer vender seu segmento de petróleo

A australiana BHP anunciou nesta segunda-feira (13) que está em negociações para vender seu segmento de petróleo, operação que reduziria a exposição da empresa aos combustíveis fósseis em meio a pressão de investidores e governos para as empresas de commodities reduzirem emissões. O valor estimado é de US$ 15 bilhões.

CVC reportar prejuízo de R$ 171 milhões

A operadora de turismo CVC reduziu o prejuízo no segundo trimestre, para R$ 171 milhões, diante da retomada de reservas de viagens no período e com perspectivas de alta nos agendamentos até o início de 2022. A companhia faz teleconferência às 14h.

Lucro da Cosan cresce mais de nove vezes

A Cosan teve lucro líquido de R$ 942,4 milhões no segundo trimestre, um crescimento de mais de nove vezes ante o resultado de igual período de 2020. A companhia faz teleconferência de resultados às 10h. A Compass, controlada da Cosan, reduziu sua projeção de investimentos (capex) para 2021. Saindo do intervalo de R$ 1,5 bilhão a R$ 1,7 bilhão, para R$ 1,25 bilhão a R$ 1,45 bilhão.

Clear Sale lucra R$ 1,3 milhão

A companhia de segurança digital Clear Sale registrou lucro de R$ 1,3 milhão no segundo trimestre, queda de 93% ante o mesmo período de 2020 em meio ao aumentos de custos. Essa é a primeira divulgação da Clear Sale desde sua estreia na B3, em 30 de julho. Às 10h, tem a teleconferência.

Tecnisa registra prejuízo de R$ 54,4 milhões

O prejuízo líquido da Tecnisa cresceu 34,8%, no segundo trimestre, na comparação anual, para R$ 54,4 milhões. No período, houve impacto negativo de acordo judicial, no valor de R$ 42 milhões, fechado pela incorporadora referente a um terreno. A companhia faz teleconferência às 11h.

Unifique comenta os resultados às 10h

A operadora de telecomunicações Unifique, que fez sua oferta pública inicial de ações em julho, registrou lucro líquido de R$ 16,9 milhões no segundo trimestre, avanço de 59% em relação ao mesmo período de 2020. A teleconferência será na quarta-feira, às 10h.

Vivara lucra R$ 81 milhões

A Vivara registrou lucro de R$ 81 milhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 1,7 milhão no mesmo período de 2020, em meio à melhora operacional. A teleconferência será às 11h.

PDG Realty reporta prejuízo líquido de R$ 285 milhões

A PDG Realty registrou no segundo trimestre prejuízo líquido de R$ 285 milhões, avanço de 52% em relação à perda de R$ 187 milhões apurada no mesmo período de 2020. Às 11h, tem teleconferência da companhia.

Parada para manutenção da plataforma de Mexilhão da Petrobras

A Petrobras informou que a parada programada para manutenção da plataforma de Mexilhão e do gasoduto Rota 1 foi adiada para o dia 29 e deve durar 16 dias. A previsão anterior era de duração de 30 dias a partir de 15 de agosto.

Senado debate PEC da reforma tributária

O Plenário do Senado realiza, às 15h, sessão de debate temático para discutir a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 110/2019, que reforma o Sistema Tributário Nacional.

IPC-S da segunda quadrissemana de agosto atinge 0,82%

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou que o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) interrompeu a sequência de seis altas consecutivas e ficou em 0,82% na segunda leitura de agosto, vindo de 0,97% na medição imediatamente anterior, a primeira do mês, e acumulando uma alta de 9,07% nos últimos 12 meses.

FGV informa Indicador do Comércio Exterior de julho

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre) informa o Indicador do Comércio Exterior (Icomex) de julho. De janeiro a junho deste ano, ante igual período de 2020, o volume exportado cresceu 6,6%, e o das importações, 20,7%. Já os preços exportados aumentaram 25,2%, e os importados, 5,1%. Os preços de exportação de commodities avançaram 33,6% no primeiro semestre deste ano, ante 2020, enquanto o volume cresceu apenas 2,8%. Já entre as exportações de não commodities, os preços cresceram 6,9%, mas o volume subiu 17,6%.

BC publica boletim Focus da semana

O Banco Central (BC) publica o Boletim Focus da semana encerrada em 13 de agosto. No boletim da semana finda em 6 de agosto, a mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu pela 18ª semana seguida, agora de 6,79% para 6,88%. Para 2022, também subiu, de 3,81% para 3,84%. No caso do desempenho da economia brasileira em 2021, a mediana das projeções do mercado interrompeu a sequência de 15 semanas seguidas de alta e permaneceu em 5,30% de crescimento. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) saiu de 2,10% para 2,05%. Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 7% para 7,25% tanto no fim de 2021 quanto no encerramento de 2022. Quanto ao câmbio, a mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi mantida em R$ 5,10. Para 2022, o ponto-médio das projeções também ficou parado, em R$ 5,20, entre uma pesquisa e outra.

Secint anuncia balança comercial da segunda semana de agosto

A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (Secint) anuncia, às 15h, o resultado da balança comercial da segunda semana de agosto. A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 45,99 bilhões no acumulado do ano, até a primeira semana de agosto, em alta de 43,4% pela média diária, na comparação com o período de janeiro a agosto de 2020. As exportações somam US$ 167,51 bilhões, em alta de 35,6%, e das importações aumentaram 32,9%, alcançando US$ 121,51 bilhões. As exportações no acumulado do mês subiram 41,4%, alcançando US$ 5,86 bilhões, enquanto as importações totalizaram US$ 4,22 bilhões, com alta de 53%. A balança comercial registrou superávit de US$ 1,64 bilhão, portanto, em alta de 18,1%.

Agenda do presidente da República

O presidente Jair Bolsonaro despacha, às 15h, com Pedro Cesar Sousa, subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência; às 15h30 com Mario Frias, secretário especial de Cultura do Ministério do Turismo, e, às 16h, com Ciro Nogueira, ministro-chefe da Casa Civil.

Comissão Temporária da Covid-19 debate eficácia de vacinas

A Comissão Temporária da Covid-19 do Senado agendou reunião, às 10h, quando receberá especialistas para um debate sobre a eficácia das vacinas que estão sendo aplicadas na população brasileira. Os convidados vão esclarecer aos senadores a importância das primeira e segunda doses e também analisar a necessidade de uma terceira, de reforço, conforme o imunizante.

Guedes reúne-se com secretário da Receita

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reúne-se, às 10h, com o secretário especial da Receita Federal, José Tostes. Também participam Esteves Colnago, chefe de Assessoria Especial de Relações Institucionais; Cristiano Lins, procurador-geral da Fazenda Nacional substituto; Marcelo Guaranys, secretário executivo; Daniella Marques, chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos; Marcelo Siqueira, chefe da Assessoria Especial; Sandro Serpa, subsecretário de Tributação e Contencioso; Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica; Fernando Mombelli, coordenador-geral de Tributação, entre outros assessores.

Montezano reúne-se com embaixador da Rússia

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, estará em Brasília e, às 11h, terá reunião com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; a secretária especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos, Martha Seillier, e o secretário de Parcerias em Transportes, Leonardo Rafael Machado de Freitas Maciel. Às 14h, terá reunião com o embaixador da Rússia no Brasil, Alexey Labetskiy. Às 17h, reúne-se com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e auxiliares e Fernando Biral, diretor-presidente da Autoridade Portuária de Santos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *