Índice de gerentes de compras composto dos EUA cai a 55,4 pontos em agosto

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

23/08/2021

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto de agosto nos EUA caiu a 55,4 pontos em agosto, de 59,9 em julho, recuando a uma nova mínima de oito meses, de acordo com dados divulgados há pouco pela IHS Markit.

O PMI industrial caiu para 61,2 pontos, de 63,4 pontos em julho, enquanto o PMI de serviços recuou a 55,2 pontos, de 59,9 pontos da leitura anterior. Ambos os indicadores ficaram abaixo da expectativa dos economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”, de manutenção a 63,1 pontos e queda a 59,4 pontos, respectivamente.

O PMI industrial de serviços recua com esta leitura ao seu menor nível em oito meses, enquanto o indicador do setor industrial caiu à mínima de quatro meses. Mesmo com as quedas, no entanto, todos os indicadores ficaram acima da marca de 50 pontos, indicando uma expansão da atividade, ainda que a um ritmo mais fraco.

“A expansão desacelerou acentuadamente mais uma vez em agosto, conforme a disseminação da variante delta da covid-19 levou a um enfraquecimento da recuperação da demanda, especialmente para os serviços voltados ao público consumidor, e frustrou os esforços das empresas para acompanhar as vendas já executadas”, diz Chris Williamson, economista-chefe de negócios da IHS Markit.

“Não apenas os atrasos na cadeia de suprimentos atingiram uma nova máxima da série histórica, como a pesquisa de agosto apontou frustrações relacionadas às contratações. O crescimento do mercado de trabalho recuou ao menor nível desde julho do ano passado, com as empresas não conseguindo encontrar mão-de-obra qualificada ou com os trabalhadores trocando de empregos”, diz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *