Ibovespa fecha em alta, mas temor com risco político segue

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

06/09/2021

Com os mercados fechados em Nova York e os investidores se preparando para o feriado do Dia da Independência amanhã, no Brasil, o volume financeiro negociado dentro do Ibovespa foi o menor de 2021. Ainda que o risco político siga latente, diante dos atos políticos marcados para amanhã, o principal índice da bolsa local conseguiu fechar o dia em alta, se recuperando parcialmente do tombo da semana passada.

O Ibovespa terminou o pregão de hoje em alta de 0,80%, aos 117.868,63 pontos. Nas máximas do dia, encostou nos 118 mil pontos e, nas mínimas, marcou 116.156 pontos. Na semana passada, o índice acumulou perdas de 3,10%.

O volume financeiro negociado dentro do Ibovespa hoje foi de R$ 11,92 bilhões. Até hoje, o pregão com menor giro financeiro no Ibovespa neste ano havia sido o do dia 5 de julho, que movimentou R$ 14,02 bilhões.

“A gente vê hoje um volume financeiro bem baixo, já que não tem tanta informação do exterior. Os EUA vinham sendo nossa principal fonte de referência para os negócios”, afirmou Thiago Raymon, chefe de estratégia da Wise Investimentos.

Segundo ele, a recuperação tímida do Ibovespa hoje, após o tombo da semana passada, não permite um diagnóstico claro de como está o humor dos agentes financeiros, na véspera das manifestações agendadas para amanhã.

“Para falarmos em recuperação, o índice ainda teria muito o que andar e a alta de hoje não foi grande, ainda mais considerando um volume baixo deste. Vamos observar o que vai acontecer quando os mercados abrirem ‘de verdade’, na quarta-feira”, comenta.

Entre as blue chips, as ações da Vale ON foram os destaques negativos, fechando o dia em queda de 1,57%, novamente pressionadas pelo tombo nos preços do minério de ferro.

Segundo a publicação especializada “Fastmarkets MB”, a cotação do minério com 62% de ferro nos portos chineses fechou a US$ 132,38 a tonelada nesta segunda-feira, o que representou uma queda de 8,52% em relação ao preço de sexta-feira. Com esse recuo considerável, o minério de ferro acumula perdas de 13,85% em setembro. Já no ano o declínio apurado até agora é de 17,50%.

Bradespar PN e CSN ON acompanham a dinâmica negativa e caem 0,85% e 1,90%, respectivamente. Gerdau PN e Usiminas PNA, por sua vez, subiram 1,13% e 1,60%.

O dia também foi marcado pela estreia de e sete novas ações no Índice Bovespa, em sua nova carteira que terá vigência até 30 de dezembro de 2021. A nova carteira teórica teve a entrada da Alpargatas PN, Banco Inter PN, Banco Pan PN, Meliuz ON, Rede D’Or ON, Dexco ON e Petz ON, totalizando 91 ativos de 84 empresas.

Quase todos os papéis, no entanto, fecharam o pregão em queda. As ações da Dexco ON fecharam em queda de 2,96%, liderando as perdas do Ibovespa. Alpargatas PN recuou 0,86%, Banco Pan PN caiu 0,81%, Méliuz ON fechou em queda de 0,56%, Banco Inter PN perdeu 0,30%. As exceções foram Petz ON, que subiu 0,04% e Rede D’Or ON, que fechou em alta de 4,12%.

“Na ponta positiva, destaque para os setores que mais apanharam na semana passada, como no caso dos ligados ao crescimento doméstico, como varejo, além do setor de construção, que segue pressionado pela expectativa de aumento dos custos”, afirmou Rafael Ribeiro, analista da Clear Corretora.

Via ON, Magazine Luiza ON, e Americanas ON registraram altas de 3,43%, 3,07% e 2,99%, respectivamente. As construtoras também receberam impulso do alívio no mercado de juros e tiveram alta firme. Cyrela ON subiu 2,75%, MRV ON avançou 3,78% e Eztec ON teve ganhos de 1,88%.

Os frigoríficos também foram surpresas nesta segunda-feira. Mesmo com a suspensão temporária das exportações de carne bovina brasileira à China, os papéis demonstraram resiliência e figuraram entre os destaques positivos do dia.

A Minerva ON subiu 6,68%. Antes da abertura do pregão, a companhia informou que continuará atendendo a demanda chinesa por meio de suas plantas da Athena Foods, sua subsidiária, no Uruguai e na Argentina, de forma a não comprometer sua participação de mercado. Já as ações da JBS ON avançaram 3,22%, e da Marfrig ON tiveram ganhos de 2,58%. As companhias geram mais de 80% do caixa nas exportações para os EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *