Fundação Dom Cabral cria plataforma para desenvolver empreendedor popular

Testes, férias coletivas e outras medidas compõem o Plano de Contingência da empresa para prevenção, controle e redução de riscos de contágio

24/08/2021

A Fundação Dom Cabral (FDC) lançou nesta terça-feira (24) uma plataforma de conteúdo voltada para o desenvolvimento de empreendedores populares, que são os microempreendedores individuais (MEI) e informais, que operam um negócio para a própria sobrevivência.

De acordo com a FDC, existem no Brasil 11,3 milhões de MEI e 7,5 milhões de micro e pequenas empresas. Juntos, respondem por 30% do Produto Interno Bruto (PIB) e por 55% dos empregos formais no país. Na área de empreendedorismo informal, existem 34,7 milhões de trabalhadores informais, ou 40% da população economicamente ativa.

Chamado “Pra$>Frente Play”, o serviço on-line fornece conteúdos gratuitos sobre gestão em empreendedorismo no formato de vídeos curtos (até seis minutos), livros digitais, podcasts, missões e quiz. A plataforma é interligada ao WhatsApp e tem baixo consumo de dados.

A meta é capacitar 5,5 mil pessoas até o fim deste ano em sete regiões do país. Em 2022, o desenvolvimento de empreendedores populares será estendido para todo o país. Ana Carolina Almeida, líder do Movimento Pra$>Frente, disse que a plataforma tem potencial para capacitar 1 milhão de pessoas.

O Movimento foi criado no ano passado para ajudar pessoas que perderam a renda durante a pandemia e tiveram que apostar em um negócio próprio. Em um projeto piloto, a FDC conseguiu a ajuda de 200 mentores voluntários para desenvolver 602 empreendedores em Minas Gerais.

Além dos mentores voluntários, o projeto conta com financiamento da própria FDC e apoio das empresas e organizações sociais Fix, G10 das Favelas, Getninjas, Grant Thornton, Instituto Consulado da Mulher, Instituto Liberta, Market Up, Movimento Bem Maior, JBS, Rede Cidadã, She’s Tech, RHI Magnesita, Symrise e Transforma Brasil. “A expectativa é que outras empresas e organizações sociais possam aderir à proposta”, afirmou Ana Carolina.

A FDC busca no momento empresários em diferentes regiões do país que possam atuar como parceiros ou como mentores dos empreendedores populares.

Para participar, os empreendedores precisam se cadastrar no site (https://prafrente.fdc.org.br) ou nas redes sociais do Pra$>Frente, ou podem participar por indicação das empresas patrocinadoras ou instituições parceiras da FDC.

Categorias:

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *